675 empreendedores do Rio podem se inscrever até o dia 15 de julho no programa Brasil Mais

Empresas participantes aumentaram 42% em produtividade e 25% do faturamento após participação do programa

0
137
Empresas participantes aumentaram 42% em produtividade e 25% do faturamento após participação do programa. Foto: Divulgação/ Internet

O programa gratuito Brasil Mais entra no seu quinto ciclo de capacitações. Nesta etapa, 675 micro e pequenas empresas ligadas ao comércio, serviços e indústrias receberão consultorias no formato híbrido (presencial ou on-line) por um período de quatro meses. Nos ciclos anteriores, as empresas participantes aumentaram em 42% a produtividade do negócio e o faturamento aumentou em 25%.

Ao todo mais de 2,1 mil empresas já participaram do programa. Para a nova fase, as micro e pequenas empresas devem fazer sua inscrição até o dia 15 de julho. O programa terá início no dia 18 de julho.

Durante o período de consultoria, as micro e pequenas empresas serão acompanhadas por uma equipe de agentes locais de inovação, que irão identificar necessidades e apontar soluções para o desenvolvimento dos negócios. Durante a iniciativa, o empreendedor terá acesso a novas metodologias com foco na promoção de melhorias rápidas, de baixo custo e de alto impacto, de acompanhamento contínuo e consultorias especializadas.

“Para muitos empreendedores, a inovação ainda é um mistério. Ao longo de quatro meses, as empresas realizam uma jornada de imersão que tratam o problema, apontam a solução e implementam um novo processo. As empresas passam a adotar planos de ação. Quando o programa termina, essa metodologia continua como lição aprendida. Em 2021, mesmo diante de um cenário de pandemia, as empresas participantes obtiveram resultados positivos, tanto em termos de faturamento quanto em termos de produtividade. Esse resultado foi obtido pela aplicação de novas soluções como uso de redes sociais, protótipos de novos produtos em meio a um cenário de oportunidades que surgiram e também abrindo o mercado e ouvindo os clientes”, conta a analista do Sebrae Rio, Ana Carolina Damasio.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here