Início Destaque Após denuncia de intolerância religiosa, secretária adjunta de São Pedro é afastada

Após denuncia de intolerância religiosa, secretária adjunta de São Pedro é afastada

Edlúcia Marques foi acusada de ofender representantes de religiões de matriz africana

-

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informou, nesta terça-feira (8), o afastamento da secretária adjunta de Cultura, Edlúcia Marques, após denúncia de intolerância religiosa.

A polêmica ocorreu em uma reunião realizada na Secretaria de Cultura, nesta segunda-feira (7). Segundo a produtora Juliane Carvalho, Edlúcia teria ofendido um grupo de representantes de religiões de matriz africana.

A reunião foi uma sessão pública do Edital “Prêmio São Pedro da Aldeia Cultura Viva”. De acordo com Juliane, a secretária adjunta de Cultura se alterou com a representante de um dos projetos culturais.

“Foram avaliados todos os projetos e quando chegou no de Matriz Africana, quatro pessoas já haviam analisado. Na mão da secretária, ela falou com o parecerista ‘porque vocês aprovaram isso se não é relevante para o município? Não reconheço como cultura’”, disse Juliane Carvalho.

Ainda segundo a denúncia, Edlúcia Marques, ao ser questionada, disse para Juliane “calar a boca” e afirmou que ela “não podia interferir”.

“Ela respondeu que daria zero para o projeto e um avaliador presente no local disse que precisava de uma justificativa plausível para isso, porque eu teria direito de resposta. Então ela falou ‘manda vir, pode vir a macumba”, alegou ainda a denunciante.

O relato indica que Juliane chamou a polícia, mas que Edlúcia deixou o local amparada pelo marido por estar passando mal.

Foi feito um boletim de ocorrência na 125ª DP, que irá investigar o caso. A secretária adjunta de Cultura saiu da comissão organizadora do prêmio.

“Fiquei o dia inteiro na delegacia, mas fui muito bem recebida e agora vou levar isso para instância superior, pedir petição para entrar com um processo contra ela”, disse Juliane.

A reportagem tenta contato com Edlúcia Marques.

Confira a nota da Prefeitura de São Pedro da Aldeia na íntegra:

“A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informa o afastamento da servidora efetiva Edlúcia Marques do cargo de Secretária Adjunta de Cultura do Município.

A Prefeitura lamenta o ocorrido ontem (07/12), na sessão pública para julgamento das propostas culturais do Prêmio São Pedro da Aldeia Cultura Viva, na Casa da Cultura, e repudia qualquer tipo de discriminação, se solidarizando com todos que se sentiram ofendidos pelo comportamento da servidora.

A gestão reforça que políticas públicas igualitárias devem ser baseadas em princípios de respeito e valorização da diversidade.

Aos agentes culturais participantes do Prêmio São Pedro da Aldeia Cultura Viva, a Prefeitura torna pública a decisão da Comissão de Editais do Prêmio por anular os votos da parecerista Edlúcia Marques. Só serão válidas as avaliações dos demais pareceristas da seleção, sendo dois representantes do Poder Público e dois integrantes da Sociedade Civil.”

- Advertisment -

Mais lidas

pendik escort kartal escort çekmeköy escort mersin escort türkçe altyazılı porno lezbiyen porno sex hikaye mersin escort bodrum escort