Após manifestações, Educação de Cabo Frio entra em greve

Ato foi marcado para a tarde dessa terça-feira na Praça Porto Rocha

Os profissionais da educação suspenderão a greve nesta segunda-feira (17). A decisão foi aprovada durante assembleia da categoria, no Edilson Duarte.
As aulas retornam normalmente a partir desta segunda-feira. Foto: Divulgação/ Sepe Lagos

Depois das manifestações dessa segunda-feira (10), por atraso no pagamento dos salários de maio, os profissionais da rede municipal de educação de Cabo Frio aprovaram, por unanimidade, greve por tempo indeterminado. Além disso, foi deliberado um ato nessa terça-feira (11), às 15h, na Praça Porto Rocha.

A greve é contra salários atrasados e pelo escalonamento dos pagamentos que a prefeitura anunciou. A assembleia já havia dito que se não houvesse pagamento para todas as categorias no 5º dia útil, a greve começaria no dia seguinte.

A assembleia vai se reunir novamente na Escola Municipal Professor Edilson Duarte nesta quinta-feira (13), às 18h. Caso não haja acordo será referendada a adesão à greve geral nesta quarta-feira (14).