HomeArmação dos BúziosAssociações de Moradores celebram 'Dia Nacional do Líder Comunitário'

Associações de Moradores celebram ‘Dia Nacional do Líder Comunitário’

Encontro na sede da Prolagos, reuniu representantes dos bairros de São Pedro da Aldeia

-

As lideranças comunitárias são essenciais para o desenvolvimento das comunidades. Elas zelam pelo bem comum e cobram políticas públicas que irão gerar benefícios para toda população. Para ouvir as demandas dos moradores, trocar ideias que podem proporcionar uma melhor experiência aos aldeenses e em celebração ao Dia Nacional do Líder Comunitário (05), a Prolagos reuniu na sede da concessionária, as lideranças dos bairros de São Pedro da Aldeia, por meio do programa Afluentes.

“A gente tem uma parceria muito boa com a concessionária. É um canal onde qualquer necessidade que a gente tenha na comunidade, que esteja relacionado com o trabalho da empresa, a gente consegue uma solução ou uma resposta para o que precisamos”, relata Marcelle Ramos, presidente da Federação Municipal das Associações de Moradores do município (Femamspa).

O encontro, conduzido pela equipe de Responsabilidade Social, criou uma oportunidade para que as associações tirassem dúvidas com o diretor-presidente da concessionária, Pedro Freitas, sobre o sistema de “Captação em Tempo Seco”, que capta as contribuições que passam pelas galerias pluviais e encaminha para a estação de tratamento, adotada nas cidades da Região dos Lagos, e o abastecimento nas cidades da área de concessão da empresa. “O saneamento é um tema muito complexo, principalmente, o tratamento do esgoto. Ter a oportunidade de estar próximo das lideranças, explicar o funcionamento do nosso sistema, esclarecer como funciona o contrato de concessão e a responsabilidade de cada agente nesse processo, é muito importante”, pontua o executivo.

Em 1998, quando a Prolagos assumiu os serviços de saneamento nas cidades onde atua, todo o esgoto in natura era despejado na Lagoa de Araruama e nas praias. A maior laguna hipersalina em estado permanente do mundo estava em avançado estado de degradação ambiental. Para ajudar na sua recuperação, a sociedade civil organizada solicitou a mudança do contrato, propondo que as concessionárias que atuam na Região dos Lagos antecipassem os investimentos em esgoto e aderissem ao sistema de captação a tempo seco, onde o esgoto que corre pela drenagem pluvial é desviado para coletores e o resíduo transportado para as estações de tratamento, retornando para o meio ambiente dentro dos padrões ambientais.

Com a mudança aprovada pelo poder concedente, Ministério Público e pela Agência Reguladora (Agenersa), em 23 anos, o índice de atendimento em esgotamento sanitário saltou de 0 para 80,12% e todo esgoto coletado é tratado. Além disso, a concessionária construiu 38 km de rede coletora, que atuam como cinturões, blindando a laguna e captando o esgoto que chega pela rede de drenagem.

- Advertisment -

Colunas

Mais lidas

Percurso passa pelo Vale das Pitangueiras, Mirante das Conchas e Morro do Vigia. Foto: Reprodução/ Internet

‘Dia Mundial de Mares Limpos’ acontece neste sábado na Praia do...

0
Neste sábado (30), será realizado o “Dia Mundial de Mares Limpos” na Praia do Peró, em Cabo Frio. A ação vai unir trilheiros, mergulhadores,...
%d blogueiros gostam disto: