Início Armação dos Búzios Búzios e São Pedro decidem suspender contratos na Educação durante pandemia de...

Búzios e São Pedro decidem suspender contratos na Educação durante pandemia de Covid-19

Apenas no município buziano, 400 pessoas ficaram sem os empregos

-

As Prefeitura de Armação dos Búzios e de São Pedro decidiram suspender os contratos dos professores e demais funcionários da Educação até que seja determinado o retorno das aulas nas respectivas redes municipais de ensino. Apenas em Búzios, a demissão atinge cerca de 400 profissionais. Em São Pedro, o número de contratados não foi informado.

Segundo a Prefeitura de Búzios, a suspensão se deu em função da interrupção das atividades nas escolas por causa da pandemia do novo coronavírus. O município afirma que os cortes atendem a medidas de contenção de despesas em período alegado como de baixa arrecadação. Com a volta às aulas, a situação dos servidores será reavaliada.

Por sua vez, a Prefeitura de São Pedro não fez justificativas de cunho econômico, mas argumentou que os contratados serão chamados de volta, assim que aulas recomeçarem, o que não tem data para acontecer.

As medidas revoltaram servidores e o Sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe), que promete mobilização, ainda que virtual, para tentar fazer com que os municípios voltem atrás na decisão.

- Advertisment -

Mais lidas

pendik escort kartal escort çekmeköy escort mersin escort türkçe altyazılı porno lezbiyen porno sex hikaye mersin escort bodrum escort