Início Cabo Frio Cabofriense vence com gol de pênalti e garante liderança da Seletiva

Cabofriense vence com gol de pênalti e garante liderança da Seletiva

Vitória magra por 1 a 0 sobre o Macaé coloca time mais perto da vaga na fase principal

-

A vitória sobre o Macaé no Correão na tarde deste sábado (6) foi magrinha, apenas 1 a 0, mas teve um duplo significado para os comandados do técnico Antonio Carlos Roy: a liderança da Seletiva e a proximidade da classificação para a fase principal do Campeonato Carioca, a apenas duas rodadas do fim do torneio.

Mas não foi nada fácil fazer o resultado. No primeiro tempo, o Tricolor Praiano teve maior posse de bola, mas teve dificuldade de furar o bloqueio defensivo do time visitante que apenas esperava para tentar os contra-ataques. Em um deles, quase abriu o marcador, aos 14 minutos: Neto finalizou da entrada da área para fora. Àquela altura, o Bonsucesso havia aberto o marcador contra o Resende e a Cabofriense estava momentaneamente fora da zona de classificação, por isso só a vitória interessava.

Contra ataque do Macaé
Neto finalizou da entrada da área para fora. Foto/ Divulgação: Bruninho Volotão

A resposta do time da Região dos Lagos veio apenas aos 23 minutos, depois da parada técnica para reidratação dos jogadores, quando Maranhão, substituto do artilheiro Abner, perdeu uma chance cara a cara com o goleiro Andrey. Depois disso não houve muitas emoções até o fim do primeiro tempo.

Na volta do intervalo, o panorama continuou o mesmo, com a Cabofriense tomando a iniciativa e o Macaé buscando os contragolpes. O Resende havia empatado com o Bonsucesso, recolocando o Tricolor no G2, mas a situação ainda era muito desconfortável. Aos 10 minutos, o técnico Roy resolveu mexer e trocou dois jogadores de uma vez: entraram Anderson Manga e Carlos Alberto nas vagas de Davi Ceará e Maranhão, respectivamente.

As mudanças surtiram efeito e o time da casa teve duas boas chances em dois minutos, aos 18 e 19. Depois do tempo técnico, as equipes partiram para o tudo ou nada, principalmente porque o Resende fazia o segundo contra o Bonsucesso e mais uma vez tirava a Cabofriense da zona de classificação. Aos 22 minutos, o experiente Pipico que havia acabado de entrar, se antecipou à defesa e quase abriu o placar para o Macaé.

Aos 30, Bruno Tubarão fez bela jogada e finalizou para fora, respondendo para o time local. Pouco depois, aos 33, começou a brilhar o destaque da partida, o goleiro George, do time de Cabo Frio. Matheus Barcelos cabeceou da marca do pênalti e o arqueiro tricolor voou para fazer uma excelente defesa.

O jogo estava completamente indefinido quando, aos 35 minutos, Anderson Manga cruzou uma bola que bateu na mão de um zagueiro do Macaé. Pênalti que o próprio Manga bateu para abrir o placar e fazer explodir os 990 torcedores que estiveram no estádio nesta quente tarde de sábado. Com a desvantagem, o Macaé é que caía para terceiro lugar e deixava a zona de classificação. Por isso, partiu com tudo atrás do empate.

Aos 39 minutos, George fez outro ‘milagre’ e defendeu outra cabeçada que tinha endereço certo, dada por William. Nos acréscimos, pressão total do Macaé que teve duas chances no mesmo lance, aos 46: Matheus chutou para mais uma defesa de George; no bate-rebate, Marcelo cruzou e o goleiro da casa botou a bola para escanteio para garantir os três pontos fundamentais para o time de Roy. Ao fim do jogo, George preferiu dividir os louros com os colegas.

“A gente sabia que eles iam sair depois de tomar o gol, mas a gente batalhou muito. Esse gol foi difícil, a gente correu. Em nenhum momento nos entregamos, a torcida apoiou pra caramba. Sabíamos que seria um jogo difícil, mas fomos recompensados. O mérito não é só meu, é de todo o grupo que tem trabalhado demais” comentou um dos destaques da partida.

O outro herói da tarde, o atacante Anderson Manga demonstrou ter estrela. Ele considerou justo o resultado.

“A gente sabia que ia ser um jogo difícil, mas também sabia que ia ser um jogo-chave. Se a gente ganhasse ficava com um pé na fase principal. Dominamos o time do Macaé do início ao fim. No final teve um pouco de sofrimento, o que é normal, mas a gente soube muito bem controlar o jogo e graças a Deus saímos com os três pontos”, disse.

Com a vitória magra, a Cabofriense assumiu a liderança da Seletiva com sete pontos. Os dois últimos jogos são fora de casa: na quarta, contra o vice-líder Bonsucesso (seis pontos e cinco gols a favor), que virou a partida contra o Resende, e no próximo sábado, contra o lanterna América. Já o Macaé permaneceu com seis pontos e caiu para a terceira colocação. Ele perde para o Bonsucesso em número de gols a favor, pois tem quatro.

- Advertisment -

Mais lidas

'Pedal Outubro Rosa' acontece nesta quinta em Cabo Frio

‘Pedal Outubro Rosa’ acontece nesta quinta em Cabo Frio

Evento tem objetivo de somar com a campanha contra o câncer e de conscientizar sobre a importância da bicicleta