Início Cabo Frio Câmara de Cabo Frio se manifesta sobre aumento salarial de servidores

Câmara de Cabo Frio se manifesta sobre aumento salarial de servidores

Casa Legislativa nega que vereadores terão vencimentos aumentados

-

A Câmara Municipal de Cabo Frio se manifestou na tarde desta quinta-feira (22) sobre o reajuste salarial para os servidores do Legislativo. A questão tornou-se polêmica após a oposição ao governo levantar a hipótese de que o acréscimo nos vencimentos seria estendido aos vereadores. O líder Vanderlei Bento (PMB) chegou a dizer que abriria mão do reajuste.

Em nota oficial, a Câmara afirmou que o reajuste para os servidores já estava previsto em lei, enquanto que para os vereadores ele só poderá ser dado para a próxima legislatura. Veja a nota oficial abaixo.

A Câmara de Vereadores de Cabo Frio, por meio do Exmo. Sr. Presidente, Achilles Barreto, comunica a toda sociedade cabo-friense, que o Projeto de Lei Complementar 001/2018, que dispões sobre a aplicação do índice de reajuste relativo a data base dos servidores do Poder Legislativo, tem como único objeto garantir o disposto no inciso X do artigo 37 da Constituição Federal, conforme está previsto na Lei Complementar n°30/2017.

Ressaltamos que muito embora este dispositivo constitucional, disciplinado inclusive pela Deliberação n°239/2005 do Tribunal de Contas do Estado, no que se refere a aplicação de um índice de revisão geral anual, autoriza que seja aplicado ao subsidio de vereadores, contudo esta administração não fará uso desta autorização legal, sendo aplicada a revisão apenas aos servidores desta Casa de Leis.

Por fim registramos que o atual valor dos subsídios dos vereadores é o mesmo fixado pela Resolução n°0854/2004, a qual conforme dispõe a legislação em vigor somente poderá ser alterada para os subsídios da próxima legislatura, ou seja, 2021/2024, antes do pleito de 2020, se for o caso.,

Tal procedimento tem concordância de todos os vereadores desta Casa Leis, que considerando a atual condição financeira de nossa cidade, não poderiam onerar os cofres públicos com uma despesa desta natureza.”

A verba da Câmara, chamada de duodécimo, é repassada pelo Executivo mensalmente e só pode ser usada para o funcionamento do Legislativo. Apesar do uso específico do dinheiro, a medida gerou certa polêmica nas redes sociais por causa dos atrasos nos pagamentos da prefeitura.

- Advertisment -

Mais lidas

'Pedal Outubro Rosa' acontece nesta quinta em Cabo Frio

‘Pedal Outubro Rosa’ acontece nesta quinta em Cabo Frio

Evento tem objetivo de somar com a campanha contra o câncer e de conscientizar sobre a importância da bicicleta