Início Cabo Frio Câmara mantém reprovação de contas e Marquinho fica inelegível

Câmara mantém reprovação de contas e Marquinho fica inelegível

Com votação secreta, 10 vereadores escolheram pela aprovação das contas e 7 pela reprovação; ex-prefeito precisava de 12 votos pela aprovação

-

A Câmara de Cabo Frio reprovou as contas de 2017 da gestão do ex-prefeito Marquinho Mendes em sessão realizada na noite desta terça-feira (9).

Ao todo, sete vereadores decidiram manter o parecer contrário da Comissão de Finanças da Câmara, que já havia seguido a decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ), ou seja, reprovar as contas. Os outros 10 vereadores optaram por derrubar o parecer e aprovar as contas, mas eram necessários 12 votos para que o ex-prefeito se escapasse. Por força do regimento interno e da lei orgânica, votação foi secreta.

Com a reprovação, Marquinho fica inelegível pelo período de oito anos. Ele já tinha uma inelegibilidade até 2024 por abuso de poder na campanha de 2016, por condenação da Justiça Eleitoral.

- Advertisment -

Mais lidas