Direto da Fonte | A política da Região dos Lagos nesta segunda-feira (21/11)

Sepe esclarece polêmica na Educação de São Pedro; Prefeitura aldeense prefere não dar explicação; O pôr do Sol com Péricles em tamoios e a nova expansão da Moeda Itajuru

Sepe esclarece polêmica na Educação de São Pedro

O Sepe Costa do Sol, Sindicato dos Profissionais da Educação de São Pedro da Aldeia, postou nas redes sociais a decisão da assembleia extraordinária realizada na noite de sexta-feira (18) para que profissionais da Educação votem “Não” a respeito de uma consulta que a secretaria de Educação de São Pedro está fazendo para alterar a carga horária de professores do ensino fundamental I (até o 5º ano).

Ainda, segundo membros do Sepe, a secretaria de Educação estaria oferecendo uma gratificação de R$400 reais por conta do aumento da carga horária – isso sem alteração no Plano de Cargos e Salários, coisa que o sindicato tem sido contra. O Direto da Fonte antecipou o clima que estava se armando no último dia 11, onde, segundo uma fonte, uma reunião extraoficial com o Conselho Municipal de Educação foi marcada via WhatsApp.

Agora, com a decisão da categoria tomada, vamos ver se a secretaria de Educação chega a um acordo com os profissionais, que defendem a revisão do PCCR que, segundo eles, tá desatualizado.


Prefeitura aldeense prefere não explicar

Antes do assunto se tornar público através do comunicado do Sepe, nós do Direto da Fonte entramos em contato com a prefeitura de São Pedro para entender melhor o assunto, além de dar espaço neste meio para o órgão esclarecer as dúvidas dos profissionais, onde a prefeitura se limitou apenas a afirmar que o assunto era uma consulta interna:

“O referido memorando diz respeito a um assunto interno sobre uma consulta que a Secretaria de Educação de São Pedro da Aldeia está realizando com os professores para organização do exercício de 2023”.

Não custa nada lembrar a prefeitura de São Pedro da Aldeia que além dos profissionais, a população tem o direito de saber sobre todas as consultas realizadas pelos setores públicos. Isso também é conhecido como transparência pública das ações.


Lei do tombamento da Cabana do Pescador é publicada no Diário Oficial

Cenário de novelas e uma construção emblemática entre as Praias do Peró e Conchas, a Cabana do Pecador passa a integrar o Patrimônio Histórico, Cultural e Arquitetônico de Cabo Frio, com a publicação em Diário Oficial da Lei proposta pelo vereador Davi Souza. A construção estava sob risco de demolição após uma decisão do Ministério Público Federal.

“A Cabana do Pescador foi construída em 1940 e guarda história e beleza únicas para nossa cidade. Não vamos permitir a demolição desse patrimônio”, disse o vereador.


Pôr do sol no Pontal de Santo Antônio

O Pontal de Santo Antônio viveu um pôr do sol inesquecível neste último sábado com o show do Pericles pelos 407 anos do aniversário de Cabo Frio. Centenas de pessoas curtiram o clima familiar ao som dos maiores sucessos dele. O cenário lindo ficou ainda mais especial. O secretário de Governo da prefeitura de Cabo Frio, Betinho Araújo, era só alegria na rede social. Homem do governo, morador do segundo distrito, ele sai fortalecido com um evento desse porte e agradeceu a todos os envolvidos pelo sucesso do show.


Moeda Social Itajuru chega a outros bairros

Depois do sucesso do lançamento da Moeda Social no Tangará, a prefeitura de Cabo Frio informou que a Moeda Itajuru já tem expansão programada para o bairro Sinagoga, em Tamoios, mas sem data definida.

O programa social que começou em 2021 pelo Manoel Correia, também existe nos bairros Boca do Mato, Monte Alegre, Porto do Carro, parte da Vila do Ar e em Maria Joaquina, no distrito de Tamoios.

Share on facebook
Facebook
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email