Direto da Fonte | A política da Região dos Lagos nesta segunda-feira (28/11)

Chuvarada do final de semana; Falta de estrutura de trabalho para a Defesa Civil de São Pedro; As ações rápidas em Cabo Frio; e as realizações estratégicas que minimizaram estragos por Iguaba Grande

Chuvarada do final de semana

A chuvarada que desabou sobre a Região dos Lagos na madrugada de sábado para domingo deixou um rastro de destruição em diversas cidades. Os prejuízos foram muitos como em Arraial do Cabo com os barqueiros de passeio da Praia dos Anjos. O volume de água foi tão grande que se misturou ao esgoto, e com isso, fez a maré vazar, encalhando diversos barcos. Em temporada de fim de ano que se aproxima, nada pior para quem trabalha com turismo.

Diversos bairros ficaram debaixo d’água e, mais uma vez, o tratamento de esgoto de Arraial vem a tona com a pergunta: quando vão conseguir resolver? A Estação de Tratamento na entrada da cidade já estava com odor péssimo antes mesmo da chuva. Vai ser o cheiro de esgoto que vai recepcionar os turistas na alta temporada?


Falta de estrutura de trabalho para a Defesa Civil de São Pedro

Outra cidade que mostrou uma certa fragilidade com as chuvas foi São Pedro da Aldeia. O prefeito Fabio do Pastel até postou na rede social informando o telefone da Defesa Civil, ainda na noite de sábado, caso a população precisasse de ajuda para alguma emergência, mas nos comentários o que se via eram reclamações que o telefone não atendia, além de relatos de que os locais onde foi feita pavimentação faltava sistema de drenagem. Segundo uma fonte que procurou está coluna, ao buscar atendimento na sede da Defesa Civil, na madrugada de domingo, hora crítica do temporal, somente uma pessoa estaria de plantão.

Ainda segundo o relato, os agentes não teriam condições de ir para as ruas da cidade, para minimizar os problemas causados pela chuva, pois necessitariam de equipamentos de EPI e maquinário para realizar os trabalhos de Defesa Civil e que teriam de esperar o expediente desta segunda-feira para solicitar o suporte de máquinas e caminhões para a secretaria de Serviços Públicos.


O que disse a prefeitura aldeense

O Direto da Fonte procurou a prefeitura de São Pedro, onde foi informada que o prefeito Carlos Fábio da Silva decretou situação de emergência no município, em decreto publicado neste domingo. Segundo o documento, todos os órgãos municipais estão mobilizados para atuarem sob a coordenação da Defesa Civil da cidade nas ações de resposta ao desastre e reconstrução das áreas afetadas.

Ainda segundo a comunicação da prefeitura, o próprio prefeito esteve na rua fazendo vídeo, mostrando a situação que estava a cidade. E que a equipe da Defesa Civil começou a visitar as localidades atingidas a partir das 2 horas da manhã. Finalizou a nota da prefeitura

A coluna Direto da Fonte aproveita o momento para dizer que a população não quer só vídeos em redes sociais e ações paliativas após as ocorrências. A população precisa de planos estratégicos de ações que diminuam esses estragos pela cidade, onde tanta gente perdeu itens domésticos, casas ficaram com água por toda parte e pessoas ficaram horas ilhadas nas ruas por não conseguir passar com seus veículos. É isso que a população quer e precisa.


Ações rápidas em Cabo Frio

O vereador Davi Souza e o secretário de Obras de Cabo Frio, Vanderson Bento, estiveram pelas ruas da cidade já nas primeiras horas da manhã de domingo, coordenando as equipes de limpeza da cidade. Entre os locais visitados, está a comunidade Manoel Correia. O bairro sofreu mais uma vez com alagamentos, assim como Braga, ruas do centro, Bosque do Peró, dentre outros.

O volume de água registrado durante o auge do temporal foi muito além do que já registrado pela Região dos Lagos.


Ações estratégicas minimizam estragos por Iguaba Grande

Exemplo de ações estratégicas realizadas por uma gestão municipal vem de Iguaba Grande. O prefeito Vantoil Martins, logo pela manhã, já estava acompanhado do secretário de Obras Alexandre Freitag, circulando pela cidade e analisando todas as intervenções de saneamento e de calçamento realizadas nos bairros e mostrando pontos que antes ficavam intransitáveis e como estão hoje.

Iguaba Grande é um ótimo exemplo de planejamento, onde antes de asfaltar ou calçar, deve ser pensado em saneamento, em estrutura que ninguém vê, mas que fazem toda a diferença para minimizar os estragos causados pela chuva.

Facebook
Telegram
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email