Início Destaque Construção de passarela é iniciada em frente à UPA de São Pedro...

Construção de passarela é iniciada em frente à UPA de São Pedro da Aldeia

Obra está sendo realizada pelo DER-RJ a pedido do município

-

Foi iniciada, nesta quarta-feira (24), a construção da passarela sobre a Rodovia Amaral Peixoto, a RJ-106, na altura do KM 110. A passagem será instalada em frente à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Pediátrica de São Pedro da Aldeia, no bairro Balneário, para viabilizar a travessia de pedestres de forma segura.

A intervenção atende a um pedido do município ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ). O começo das obras foi acompanhado pelo chefe do executivo aldeense, pelo secretário de Governo, de Urbanismo e Habitação, e por representantes do órgão estadual.

De acordo com a equipe do DER-RJ, a previsão é que a nova passarela seja inaugurada no dia 30 de junho, em pouco mais de 90 dias. Ela terá 230 metros de extensão e será dotada de acessibilidade, para que cadeirantes também façam uso do equipamento. A obra foi orçada em R$1.874.542,88. Todo o valor é custeado pelo Governo do Estado.

“Essa é mais uma conquista para São Pedro da Aldeia, um pedido antigo da população, que sempre questionava sobre essa passarela. Quero agradecer a toda a equipe do DER-RJ, ao governador, Cláudio Castro, e ao André Ceciliano, presidente da Alerj, pelo apoio” agradeceu o prefeito, Fábio do Pastel.

O presidente do DER-RJ, Luiz Roberto Pereira de Souza, esteve presente na ocasião e afirmou que a reforma das demais passarelas da região já está em processo de licitação. “O DER-RJ reconheceu a necessidade da obra após o pedido do prefeito. Estaremos aqui na inauguração e acredito que no máximo em 90 dias já tenhamos boas notícias sobre as reformas das demais passarelas, os processos de licitação hoje correm rápido”, disse.

A construção também possibilitará maior fluidez no trânsito do local.

“O objetivo da passarela é trazer mais segurança aos pedestres, principalmente aos usuários da UPA. A obra também dará mais fluidez ao trânsito, além de evitar acidentes e atropelamentos. Um estudo de viabilidade técnica será realizado para definir a remoção, ou não, dos sinais de trânsito que existem hoje no local”, explicou o chefe da 9ª Residência de Obras e Conservação (ROC) e fiscal da obra, Rodrigo Costa Muniz.

- Advertisment -

Mais lidas

pendik escort kartal escort çekmeköy escort mersin escort türkçe altyazılı porno lezbiyen porno sex hikaye mersin escort bodrum escort