Início Araruama Decisão do TRF determina nova prisão a Jorge Picciani, Paulo Melo e...

Decisão do TRF determina nova prisão a Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi

Deputados da Região dos Lagos haviam votado a favor da soltura do trio em sessão extraordinária realizada na última sexta-feira

-

Os deputados investigados na Operação Cadeia Velha, Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi retornaram à prisão, nesta terça-feira (21), por unanimidade dos desembargadores do Tribunal Regional Federal do Rio de Janeiro. Também ficou determinado pela Justiça Federal que os deputados fossem afastados de seus cargos na Assembleia Legislativa (Alerj).

Acusados de corrupção, associação criminosa e lavagem de dinheiro, os deputados haviam sido presos a pedido do Ministério Público (MP), no dia 16, mas tiveram a prisão revogada em sessão extraordinária realizada na última sexta-feira (17) com 39 votos a favor da soltura do trio.

Entre os votos favoráveis estão dos deputados estaduais eleitos da Região dos Lagos Márcia Jeovani, mulher do ex-prefeito de Araruama, Miguel Jeovani, que foi afastado da prefeitura pelo MP por suspeita de fraude em licitações de compra de merenda para as escolas do município em 2014; Silas Bento, do município de Cabo Frio que tem um filho como vereador da cidade; e Jânio Mendes, também oriundo de Cabo Frio.

Paulo Melo, que construiu sua história política em Saquarema, e Edson Albertassi se entregaram nesta tarde. Picciani, por intermédio do advogado, disse que também irá se entregar. Os três vão recorrer à decisão do TRF. Segundo o Ministério Público Federal, para deixarem a prisão seria necessário uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ou do Supremo Tribunal Federal (STF).

- Advertisment -

Mais lidas

'Pedal Outubro Rosa' acontece nesta quinta em Cabo Frio

‘Pedal Outubro Rosa’ acontece nesta quinta em Cabo Frio

Evento tem objetivo de somar com a campanha contra o câncer e de conscientizar sobre a importância da bicicleta