Início Cabo Frio Deputados estaduais vistoriam Hospital da Mulher de Cabo Frio nesta segunda

Deputados estaduais vistoriam Hospital da Mulher de Cabo Frio nesta segunda

Visita faz parte das ações da CPI da Alerj, e teve o objetivo de fiscalizar irregularidades na unidade

-

Deputados estaduais que fazem parte da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) formada na Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) para investigar irregularidades no Hospital da Mulher, em Cabo Frio, estiveram na unidade de saúde nesta segunda-feira (1º) para uma vistoria. Estiveram presentes a deputada Renata Souza (PSOL), presidente da CPI, e os deputados Dr. Serginho (PSL) e Mauro Bernardo (PROS).

A CPI na Alerj foi instaurada em fevereiro, após denúncias sobre a morte de bebês recém nascidos, supostamente por negligência médica.

“Amanhã é um novo passo com a oitiva e a direção do hospital, que vai ser muito importante já que estamos requerendo os prontuários desses bebês que vieram a óbito.”, disse a deputada.

Renata Souza ainda explicou sobre a posição tomada pela direção do hospital. Foi informado que aproximadamente 16 óbitos aconteceram desde o início de 2019, sendo 10 deles apenas no mês de janeiro.

“Tivemos 16 mortes no geral e a gente quer saber em que condições esses bebês vieram a óbito. Aqui dentro tudo que solicitamos conseguimos, agora esse segundo momento é a solicitação de documentos, das comissões de óbito, de ética, e diversos membros que compões a estrutura da unidade”, explicou Renata.

Durante a visita, o Deputado Dr. Serginho explicou que há contradições entre as informações passadas, e a realidade encontrada na unidade.

“As informações prestadas pela diretoria é de que o Hospital vive uma realidade muito boa, inclusive, se pontua que não há nada par se modificar ou melhorar, questionando que uma CPI estaria podendo atrapalhar o andamento das coisas. Eu e o deputado Mauro Bernardo, quando saímos nos confrontamos com várias pessoas, várias mulheres que estão desde 9h querendo ser atendidas, dizendo que não há médicos para atendê-las. A realidade de um discurso, que tem sido político, em proteção de governo, tem que ser dissociada da realidade que a gente vive hoje”, disse ele.

Na saída da vistoria o deputado Dr. Serginho disse que a visita serviu para constatar a precariedade dos serviços oferecidos na unidade hospitalar.

“Se no dia que um deputado vem fazer a verificação para uma CPI a prestação de serviço está de péssima qualidade, imagina nos dias que não há nenhuma fiscalização. Está claro que a saúde de Cabo Frio está ineficiente, precisa de melhoria, e nós não iremos parar até atender a população da maneira que precisa”, acrescentou Dr. Serginho.

Devido às mortes ocorridas em janeiro, a Câmara Municipal de Cabo Frio também abriu uma CPI para investigar o Hospital da Mulher. Esta CPI formada na Câmara pediu, no dia 22 de março, pelo afastamento cautelar imediato da direção do Hospital. De acordo com o presidente da CPI da Câmara, vereador Ricardo Martins (SDD), a medida tem a finalidade de garantir que a apuração dos fatos seja a mais isenta possível.

- Advertisment -

Mais lidas

'Pedal Outubro Rosa' acontece nesta quinta em Cabo Frio

‘Pedal Outubro Rosa’ acontece nesta quinta em Cabo Frio

Evento tem objetivo de somar com a campanha contra o câncer e de conscientizar sobre a importância da bicicleta