windows 10 pro office 2019 pro office 365 pro windows 10 home windows 10 enterprise office 2019 home and business office 2016 pro windows 10 education visio 2019 microsoft project 2019 microsoft project 2016 visio professional 2016 windows server 2012 windows server 2016 windows server 2019 Betriebssysteme office software windows server https://softhier.com/ instagram takipçi instagram beğeni instagram görüntüleme instagram otomatik beğeni facebook beğeni facebook sayfa beğenisi facebook takipçi twitter takipçi twitter beğeni twitter retweet youtube izlenme youtube abone instagram

Início Destaque Empresas aldeenses têm até sexta-feira (30) para quitar 2ª parcela de taxas...

Empresas aldeenses têm até sexta-feira (30) para quitar 2ª parcela de taxas fiscalizatórias

Recolhimentos são necessários para obtenção do Alvará do estabelecimento

-

Os responsáveis por estabelecimentos comerciais e demais empresas de São Pedro da Aldeia devem ficar atentos para o vencimento da segunda parcela das taxas de Fiscalização de Localização, Instalação e Funcionamento (TFL) e, nos casos que se apliquem, de Fiscalização Sanitária (TFS). Os pagamentos das cotas devem ser feitos até esta sexta-feira (30), sendo essenciais para obtenção do Alvará do empreendimento. Confira abaixo o passo a passo para emitir o documento.

Quem possui um negócio, mas se encaixa na categoria de autônomo precisa acompanhar o Calendário de Recolhimento de Tributos Municipais (CATRIM-SPA). Vence, também nesta sexta-feira (30), a segunda cota do Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN) para autônomos. O tributo incide na prestação de serviços realizada por empresas e profissionais que trabalham por conta própria, que é recolhido pelos municípios e pelo Distrito Federal.

O que é TFS e quem deve pagar

A Taxa de Fiscalização Sanitária deve ser paga por todos empreendimentos que passam pela vistoria da Anvisa, com serviços de avaliação de registro e pós-registro de produtos, e mais.

Geralmente são fiscalizadas pelo órgão federal, empresas que abriguem, produzam, vendam, manipulem, transportem e distribuam alimentos, animais vivos, sangue e hemoderivados, que prestem serviços ao público de forma presencial, como creches e academias, ou de interesse à saúde, como clínicas e farmácias, entre outros.

Já a Taxa de Fiscalização de Localização Instalação e Funcionamento é obrigatória e deve ser paga por todas as empresas.

Como emitir o Alvará Eletrônico Automatizado

Após o pagamento das taxas de fiscalização, o responsável pelo empreendimento deve seguir os trâmites para emitir o documento de alvará, que autoriza o funcionamento da empresa.

A emissão do alvará eletrônico automatizado é feita por meio do Sistema de Registro Integrado (Regin), disponibilizado pela Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro (clique aqui). O sistema permite a obtenção dos documentos que autorizam o funcionamento de empresas com atividades de baixo risco em tempo recorde, sem que o empresário precise se deslocar à sede da prefeitura.

Passo a passo

1º – Solicitar viabilidade, preenchendo os dados no sistema Regin, anexar o contrato social e protocolar o processo;
2º – A viabilidade deverá ser analisada e aprovada pela Fiscalização de Posturas do município;
3º – Após essa aprovação, o interessado deve inserir os dados do Regin no sistema da Secretaria Municipal de Fazenda.
4º – O alvará estará disponível para impressão pelo site, por e-mail ([email protected]) ou pessoalmente na Sala do Empreendedor, localizada na sede da prefeitura.

- Advertisment -

Mais lidas

%d blogueiros gostam disto: