HomeDestaqueEscola de São Pedro desenvolve projeto sobre combate à violência contra a...

Escola de São Pedro desenvolve projeto sobre combate à violência contra a mulher

Intitulado "Hoje eu recebi flores - amor não causa dor", a ação promoveu o debate por meio de demonstrações de arte

-

Os alunos da E. M. Vinhateiro, em São Pedro da Aldeia, usaram a arte para conscientizar toda a comunidade escolar sobre o combate à violência contra a mulher. Com o projeto nomeado “Hoje eu recebi flores – amor não causa dor”, os estudantes do segundo segmento realizaram apresentações de dança, canto, desenhos e poesia. O evento foi realizado na sede da unidade escolar.

Para compor a mesa, foram convidadas a secretária de Educação, Sheila Atalla; a assessora de gabinete, Wania Dias; a coordenadora de Ciências, Marciele Santos; a coordenadora de Educação Preventiva, Maria Regina Rosa; e a inspetora de Polícia, Tatiane de Lima, que abriu espaço para que os alunos pudessem tirar dúvidas sobre as formas de violência e também como agir em situações que cabem denúncia.

Tatiane, além de orientar os alunos, falou sobre a importância do tema discutido.

“Hoje eu pude ver aqui o meu trabalho por outro viés. O que vocês estão colocando como pauta, sempre foi uma realidade de muitos lares, infelizmente. Trabalho há dez anos na Delegacia de Atendimento à Mulher e vemos várias formas de violência sendo acometidas, seja ela física, verbal, psicológica. O importante é denunciar e verbalizar qualquer comportamento estranho que esteja vindo do seu companheiro ou pessoa próxima a você”, aconselhou a inspetora de polícia.

O evento também contou com a premiação de alunos que se destacaram com expressões de arte que abordavam o tema. A aluna Eduarda Santos, levou a melhor com a poesia “Palavras de Dor”, já o aluno Fernando garantiu o melhor desenho. O evento também contou com apresentações dos alunos e da cantora Patrícia Rodrigues. Na voz e violão, o cantor Dudu Magrão apresentou a música “Camila”, da banda Nenhum de Nós. O coral da escola também marcou presença no encontro de conscientização.

Em seu primeiro ano de atuação na escola ao lado de Rodrigo Robaina, o diretor adjunto, Gelcimar Souza Santos falou sobre como o projeto promoveu uma nova percepção dentro do ambiente escolar.

“Quando pensamos no projeto, pensamos em tratar de um assunto que, infelizmente, ainda é recorrente na sociedade e descobrimos casos próximos a nossa realidade. Mas, no meio desse assunto, tivemos também o prazer de depararmos com muitos talentos, que, sem o projeto, não teríamos descoberto. Não iremos parar aqui. Agradeço ao prefeito, que nos ajudou nesse evento, e a toda Secretaria de Educação, em especial, o setor de Infraestrutura”, disse a diretora da escola.

- Advertisment -

Colunas

Mais lidas

Percurso passa pelo Vale das Pitangueiras, Mirante das Conchas e Morro do Vigia. Foto: Reprodução/ Internet

‘Dia Mundial de Mares Limpos’ acontece neste sábado na Praia do...

0
Neste sábado (30), será realizado o “Dia Mundial de Mares Limpos” na Praia do Peró, em Cabo Frio. A ação vai unir trilheiros, mergulhadores,...
%d blogueiros gostam disto: