Início Cabo Frio Funcionários da educação realizam paralisação de reajuste do salário, em Cabo Frio

Funcionários da educação realizam paralisação de reajuste do salário, em Cabo Frio

Ato aconteceu em frente à Prefeitura nesta quarta-feira (17)

-

Funcionários da educação municipal de Cabo Frio realizaram uma greve em frente à Prefeitura, nesta quarta-feira (17), para reivindicar reajuste de salário. Boa parte dos manifestantes, de forma pacífica, ocupou a sede do prédio da Praça Tiradentes.

Segundo o Sindicato dos Profissionais de Educação da Região dos Lagos, o Sepe Lagos, a manifestação também é uma greve de advertência.

Após o ato e ocupação do prédio da prefeitura, o secretário de governo, Miguel Alencar, recebeu a categoria. Foram abordados pontos da pauta de reivindicações e a audiência marcada para a próxima sexta-feira (26) foi confirmada pelo secretário.

Quando a categoria se reuniu em frente à prefeitura para realização da assembleia, com informes da reunião, foi comunicada pela secretária do sindicato que a prefeitura enviou ofício desmarcando a audiência.

Diretores do SEPE retornaram à prefeitura, falaram com o secretário de Governo sobre o ocorrido e o mesmo informou que um novo ofício seria enviado ao sindicato mantendo a audiência.

Na assembleia foi deliberada nova greve de advertência de 24h, na sexta-feira (26) com ato e vigília em frente à prefeitura no horário da audiência com a presença do prefeito, seguida de assembleia. A categoria também deliberou a confecção de panfletos para serem distribuídos nas escolas, informando à comunidade escolar os motivos da greve.

A Secretaria Municipal de Educação de Cabo Frio informou que a pauta principal da paralisação realizada nesta quarta-feira (17) foi a discordância da data de agendamento aprovada em audiência no dia 10/04, quando o prefeito disponibilizou duas datas: 26/04 e 03/05, visto que o reajuste seria debatido no dia 26/04.

O último reajuste recebido, parcialmente, foi em 2015. O Plano de Cargos da Educação está sendo atualizado com o pagamento de triênios e quinquênios.

Com relação ao enquadramento por formação, desatualizado desde 2017, o período determinado na lei do PCCR para o enquadramento é o mês de maio.

A Seme indica que está pagando os resíduos trabalhistas de aposentados e finalizando os estudos para pagamento da isonomia de contratados de 2017. Após a conclusão destas etapas será realizado o pagamento da gratificação de alfabetizadores, conforme definido com o sindicato e aprovado em assembleia.

- Advertisment -

Mais lidas

'Pedal Outubro Rosa' acontece nesta quinta em Cabo Frio

‘Pedal Outubro Rosa’ acontece nesta quinta em Cabo Frio

Evento tem objetivo de somar com a campanha contra o câncer e de conscientizar sobre a importância da bicicleta