HomeAraruamaGovernador Wilson Witzel decretará situação de emergência no Estado do Rio por...

Governador Wilson Witzel decretará situação de emergência no Estado do Rio por conta do coronavírus

Um novo decreto trará recomendações específicas em relação ao fechamento de estabelecimentos como creches, academias, clubes e shopping centers

-

O governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, vai decretar situação de emergência em decorrência do avanço do novo coronavírus. O decreto trará recomendações específicas em relação ao fechamento de estabelecimentos como creches, academias, clubes e shopping centers. Segundo Witzel, a medida também facilitará a contratação de hospitais e serviços profissionais para ajudar no enfrentamento da pandemia.

Segundo o decreto do governador, os bares e restaurantes, só poderão ocupar um terço de suas mesas. Os proprietários e funcionários deverão orientar os clientes a comprar a comida para viagem e levá-la para casa.

Em relação aos shoppings, somente as praças de alimentação continuarão funcionando, segundo Witzel, e por apenas um turno. Mesmo assim, como nos bares e restaurantes, haverá restrição de público, que ficará limitado a apenas um terço das mesas disponíveis nesses locais.

Na manhã dessa segunda-feira (16) a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros atuaram nas praias pedindo que os banhistas saíssem da praia e fossem para casa. Essa medida segue as recomendações, que incluíam o esvaziamento das praias. Segundo o Governador se não houver a colaboração da população o Estado do Rio de Janeiro pode viver o mesmo cenário que a Itália, onde a letalidade do coronavírus já supera 7% dos casos, com quase 2 mil mortos.

Ainda de acordo com o Governador a Polícia Militar, para impedir aglomerações, usará alto-falantes nas viaturas pedindo que a população permaneça em casa. Ainda salientou que o movimento nos transportes públicos caiu 25% com as recomendações feitas, mas ainda não é suficiente para que o crescimento do número de casos se dê de forma menos acelerada.

Witzel também pediu ajuda ao governo federal por mais recursos para a saúde, além dos R$ 5 bilhões que já tinham sido destinados aos Estados. O governador assegurou que está em estudo a proposta de criação de um fundo emergencial, que terá como fontes recursos de outros fundos, reservas cambiais ou recursos do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O Estado do Rio, apesar de ter a situação financeira agravada por conta da queda do preço do petróleo, vai disponibilizar R$ 320 milhões para ajudar pequenas e microempresas, além de microempreendedores individuais. A ajuda será por meio de financiamentos com até 12 meses de carência.

- Advertisment -

Colunas

Mais lidas

Percurso passa pelo Vale das Pitangueiras, Mirante das Conchas e Morro do Vigia. Foto: Reprodução/ Internet

‘Dia Mundial de Mares Limpos’ acontece neste sábado na Praia do...

0
Neste sábado (30), será realizado o “Dia Mundial de Mares Limpos” na Praia do Peró, em Cabo Frio. A ação vai unir trilheiros, mergulhadores,...
%d blogueiros gostam disto: