Governo do Estado anuncia repasse de R$ 800 milhões voltados à saúde

O programa Cuidar + Saúde para Todos vai destinar verba para os projetos de reforma e custeio das prefeituras de todo o estado

0
104
O programa Cuidar + Saúde para Todos vai destinar verba para os projetos de reforma e custeio das prefeituras de todo o estado. Foto: Divulgação/ Governo do Estado

O governador Cláudio Castro anunciou, nesta segunda-feira (13), o Programa Cuidar + Saúde para Todos, novo projeto do estado que irá destinar R$ 800 milhões em créditos extraordinários a projetos da área da saúde para os municípios. Todas as cidades são elegíveis a receberem os recursos. Para isso, devem apresentar projetos, que serão analisados pela Secretaria de Estado de Saúde, encarregada de autorizar o repasse.

O anúncio foi feito no Salão Nobre do Palácio Guanabara e contou com a presença do secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe, e prefeitos de todo o Estado, entre eles Vantoil Martins de Iguaba Grande, José Bonifácio de Cabo Frio, Marcelo Magno de Arraial do Cabo, Alexandre Martins de Búzios e Fábio do Pastel de São Pedro da Aldeia. O governador Cláudio Castro citou a parceria com os municípios desde que assumiu a gestão estadual.

“Hoje é dia de celebrar a maturidade da política do Rio de Janeiro. O estado e as prefeituras trabalham juntos atualmente. Ano passado, já em parceria com os municípios, foram transferidos, de forma voluntária, R$ 6 bilhões para os municípios. E agora, com esse repasse específico, o objetivo é melhorar cada vez mais o atendimento público de saúde para a população fluminense,” afirmou o governador.

Os municípios deverão utilizar a verba destinada de forma específica: 30% do valor deverá ser investido na reforma das unidades básicas de saúde e os outros 70%, para custeio de linhas de cuidados que poderão ser elencadas pelos municípios, como cuidado cardiovascular, saúde da mulher, oncologia, de acordo o que consideram mais relevante. O secretário estadual de Saúde, Alexandre Chieppe, falou sobre o trabalho da pasta na avaliação dos projetos.

“Vamos receber esses projetos, avaliar e autorizar os repasses, é um primeiro momento minucioso. As prefeituras poderão injetar os recursos referentes a custeio nas unidades básicas de saúde até o tratamento de alto padrão,” concluiu o secretário.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here