Início Araruama Governo do Estado e Detran.RJ lançam 'Identidade Digital RJ'

Governo do Estado e Detran.RJ lançam ‘Identidade Digital RJ’

Aplicativo já pode ser baixado nas principais plataformas digitais

-

O Governo do Estado, por meio do Detran.RJ, está lançaram nesta quarta-feira (20) a ‘Identidade Digital RJ’. Com ela, os cidadãos do Estado do Rio poderão ter o documento de identidade também no telefone celular, com validade em todo o território nacional. A nova “Identidade Digital RJ” estará disponível nas principais plataformas digitais – lojas Android e IOS -, oferecendo mais praticidade a quem precisa usar o documento no dia a dia.

O novo serviço, no entanto, não é obrigatório. Quem não quiser tirar a carteira digital, poderá continuar a usar o documento físico, em papel. O objetivo do Governo, porém, é oferecer mais um benefício aos cidadãos do estado em seu processo de digitalização dos serviços.

A Identidade Digital RJ estará disponível, de início, para quem tem a carteira de identidade emitida a partir de 5 de abril de 2019. Depois desta data, todos os documentos de identidade passaram a ser entregues com um QR Code na parte interna. E é com este código, indispensável, que o usuário poderá baixar a versão digital. Os que tiverem a carteira sem QR Code poderão fazer a segunda via do documento e, depois, acessar o aplicativo.

“O Rio de Janeiro é um dos poucos estados do país a oferecer a nova tecnologia. O Detran.RJ já disponibiliza outros serviços pela internet, como o Posto Digital, o licenciamento anual de veículos e a carteira de habilitação digital. E esse aplicativo é mais um serviço do Governo do Estado, numa parceria entre Detran e Proderj, para facilitar a vida dos cidadãos fluminenses”, afirma o governador Cláudio Castro.

“Nossa meta é deixar o Detran.RJ cada vez mais digital. Com o novo aplicativo, o cidadão tem o documento com mais facilidade, na palma da sua mão. Posteriormente, vamos disponibilizar outros serviços no app, como marcação de serviços de identidade e localização das unidades de atendimento mais próximas”, explica o presidente do Detran.RJ, Adolfo Konder.

Após cada período de 12 meses, será necessário que o portador do documento refaça novamente o processo de autenticação obrigatório. Por enquanto, para atender ao disposto na Lei Geral de Proteção de Dados, o aplicativo estará disponível apenas para maiores de 18 anos. Em futuro próximo, os pais poderão autorizar a emissão dos documentos de seus filhos.

Rate this post
- Advertisment -

Mais lidas

Rate this post
%d blogueiros gostam disto: