windows 10 pro office 2019 pro office 365 pro windows 10 home windows 10 enterprise office 2019 home and business office 2016 pro windows 10 education visio 2019 microsoft project 2019 microsoft project 2016 visio professional 2016 windows server 2012 windows server 2016 windows server 2019 Betriebssysteme office software windows server https://softhier.com/ instagram takipçi instagram beğeni instagram görüntüleme instagram otomatik beğeni facebook beğeni facebook sayfa beğenisi facebook takipçi twitter takipçi twitter beğeni twitter retweet youtube izlenme youtube abone instagram

Início Destaque Guarda Ambiental de São Pedro participa de fiscalização na Lagoa de Araruama

Guarda Ambiental de São Pedro participa de fiscalização na Lagoa de Araruama

Operação retirou estacas e orientou pescadores

-


  
Agentes da Guarda Ambiental de São Pedro da Aldeia estão dando apoio a uma grande operação de fiscalização na Lagoa Araruama. A ação, prevista para terminar nesta quinta-feira (01), tem como objetivo assegurar o cumprimento da lei do Defeso e garantir a segurança náutica, além de evitar a pesca predatória. As ações já passaram pelo Canal do Itajuru, em Cabo Frio, e na altura dos bairros Baixo Grande e Ponta do Ambrósio, em São Pedro da Aldeia. 

A operação conta com a participação da Capitania dos Portos, da Câmara Técnica de Pesca do Comitê de Bacia Hidrográfica Lagos São João, da 8ª Unidade de Policiamento Ambiental (Upam) e da guarda ambiental integrada da Lagoa, composta por agentes de Araruama, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia. 
 
De acordo com o comandante da Guarda Ambiental aldeense, Roselito Pereira, as ações de fiscalização visam a preservação da laguna e a segurança no trânsito das embarcações.

“Iniciamos essa operação por determinação da Procuradoria Federal para verificar todas as situações irregulares. Já retiramos cerca de 150 estacas do canal de navegação, para evitar acidentes, e os pescadores também estão sendo notificados para a retirada dos ganchos de pesca montados, sob o risco de perderem a concessão do uso do ponto”, destacou. 

As estacas removidas da laguna foram transportadas em caminhões e estão acauteladas na sede da Secretaria de Serviços Públicos, no bairro Balneário das Conchas, à disposição da Procuradoria Federal. 

Até o dia 31 de outubro, todas as modalidades de pesca estão proibidas nas cidades banhadas pela laguna (Araruama, Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia, Cabo Frio e Arraial do Cabo). A proibição da pesca durante este período, o chamado Defeso, tem o objetivo de garantir a reprodução e crescimento das espécies nativas. Os pescadores que forem flagrados infringindo as regras podem sofrer penalidades como multa, detenção e até a perda de seus equipamentos de pesca.

- Advertisment -

Mais lidas

%d blogueiros gostam disto: