Início Arraial do Cabo Justiça condena Cadu Playboy e bando a mais de 1.200 anos de...

Justiça condena Cadu Playboy e bando a mais de 1.200 anos de prisão

Líder da quadrilha preso na Operação Dominação recebeu pena de 156 anos de reclusão

-

A 2ª Vara de São Pedro da Aldeia condenou nesta sexta-feira (13) 40 pessoas de uma quadrilha, chefiada por Carlos Eduardo Freire Barboza, o Cadu Playboy, a penas que, somadas, passam dos 1.200 anos de prisão. Cadu, preso no Morro do Juramento, no Rio, em 2014, foi condenado a 156 anos, a maior de todas as penas. A sentença foi do juiz titular da 2ª Vara, Márcio da Costa Dantas.

Ao todo, 42 pessoas foram denunciadas pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Estado do Rio (MPRJ). As investigações foram resultado da Operação Dominação, em 2015, que visou a combater o tráfico de drogas na Região dos Lagos e prendeu vários integrantes do bando de Cadu.

Cadu já havia sido condenado em outro processo a 57 anos de prisão, em março do ano passado. Ele está no presídio federal de segurança máxima de Catanduvas, no Paraná.

- Advertisment -

Mais lidas

'Pedal Outubro Rosa' acontece nesta quinta em Cabo Frio

‘Pedal Outubro Rosa’ acontece nesta quinta em Cabo Frio

Evento tem objetivo de somar com a campanha contra o câncer e de conscientizar sobre a importância da bicicleta