Início Cabo Frio Justiça Eleitoral indefere registro de candidatura de Marquinho em Cabo Frio

Justiça Eleitoral indefere registro de candidatura de Marquinho em Cabo Frio

Impugnado em primeira instância, ex-prefeito pode recorrer da decisão

-

A Justiça Eleitoral de Cabo Frio negou o registro de candidatura a prefeito para Marquinho Mendes (MDB), na tarde deste sábado. Com isso, o ex-prefeito não poderá concorrer nas eleições de 15 de novembro.

Marquinho poderá recorrer ao TRE-RJ. Segundo o portal DivulgaCand, do TSE, o ex-prefeito foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa, por causa de uma condenação por abuso de poder. Este ano, Marquinho teve nova condenação que o torna inelegível até 2023.

Os problemas jurídicos de Marquinho não vem de hoje. Em 2016, o político já havia concorrido com base em uma liminar e acabou eleito. O mandato durou pouco, apenas um ano e quatro meses. A situação levou a uma eleição suplementar, em 2018, da qual ele participou apesar de ser o responsável pelo novo pleito. Acabou perdendo para o atual prefeito, Adriano Moreno (DEM).

Com a impugnação, pedida por vários partidos, coligações e pelo Ministério Público Eleitoral, Marquinho é o único dos 11 candidatos a ter o registro de candidatura negado em Cabo Frio.

- Advertisment -

Mais lidas

pendik escort kartal escort çekmeköy escort mersin escort türkçe altyazılı porno lezbiyen porno sex hikaye mersin escort bodrum escort