HomeCabo FrioLançamento do livro da escritora Andréa Rezende acontece neste sábado em Cabo...

Lançamento do livro da escritora Andréa Rezende acontece neste sábado em Cabo Frio

"Agridoce" reúne sensações e experiências antagônicas em livro de poesia

-

A escritora Andréa Rezende fará o lançamento do seu livro “Agridoce” neste sábado (03), a partir das 19h, no Teatro Quintal, Parque Burle, em Cabo Frio.

Publicada pela Sophia Editora, a obra reúne 55 poemas da lavra de Andréa, que externaliza uma espiral de sentimentos, muitas vezes ambíguos, que compõem um amálgama de sabores para o leitor que, ao mesmo tempo, degusta o palatável, agradável e belo da forma, salpicado da aspereza indigesta de várias das temáticas abordadas.

Nos dicionários, o termo “agridoce” designa a sensação gustativa que em que o paladar transita entre o amargo e o doce, visto que a palavra possui o radical ‘agri’, que deriva do latim e significa algo como ‘azedo’ ou ‘ácido’. Longe de ser algo indefinido ou ambíguo, a ‘gastronomia’ poética da escritora Andréa Rezende resulta encorpada, como os molhos servidos nos melhores pratos.

A autora tempera sua obra com versos, palavras e fragmentos, muitas vezes dissonantes, mas que na sua totalidade emergem um sentido que faz de Agridoce um registro pungente das observações e vivências da autora ao longo dos últimos seis anos, marcados por dramas coletivos e individuais, decorrentes da quarentena imposta pela epidemia global.

Neste livro, a poesia de Andréa se revela urgente, livre e reveladora de um estado da alma. Com a obra, a autora perpetra uma poética que pode se investir de beleza, suavidade e sutileza, mas que pode ser crua, dura e densa, o que subverte o senso comum de que ela só deve causar encantamento.

Agridoce é como prato único, feito em mosaico de sabores, temperado com acidez e doçura, indignação e esperança, dores e delícias, erros e acertos, encontros e faltas, a voz, a vez e o silêncio, o dito, o entredito e o não dito. É a vida que cabe em sua obra literária.

“E como toda arte, a da palavra também é livre, densa e diversa. Não a rotulemos! Deixemos a palavra fluir e encontrar seus plurais sabores. Poesia é coisa de gente, e gente é agridoce”, observa a poetisa.

Ficha técnica

Agridoce
ISBN 978-65-88609-22-4
Editora: Sophia
Preço: R$ 40
Páginas: 100
Formato: 14 cm x 21 cm

Receba notícias do Fonte no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/noticiasregiaodoslagos

- Advertisment -

Colunas

Mais lidas

Percurso passa pelo Vale das Pitangueiras, Mirante das Conchas e Morro do Vigia. Foto: Reprodução/ Internet

‘Dia Mundial de Mares Limpos’ acontece neste sábado na Praia do...

0
Neste sábado (30), será realizado o “Dia Mundial de Mares Limpos” na Praia do Peró, em Cabo Frio. A ação vai unir trilheiros, mergulhadores,...
%d blogueiros gostam disto: