Malha ferroviária entre Cabo Frio e Maricá pode ser recuperada

Projeto de lei tem objetivo de fomentar o turismo na região

Ferrovia poderá ser recuperada
Ferrovia poderá ser recuperada. Foto: Rafael Wallace/ Alerj

O ramal ferroviário entre Cabo Frio e Maricá poderá ser recuperado com a aprovação do projeto de lei 1.252/12 da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). O projeto prevê a revitalização de várias malhas ferroviárias em todo o estado com o objetivo de fomentar o turismo. O texto foi encaminhado ao governador Luiz Fernando Pezão, que terá 15 dias úteis para decidir pela sanção ou veto.

Segundo a Alerj, o Programa de Recuperação da Malha Ferroviária visa recuperar as linhas, revitalizando regiões e atraindo novos investimentos. Poderão ser feitas parcerias público-privadas para a recuperação das linhas. A Secretaria de Estado de Transportes deverá fazer um projeto que contenha a análise das linhas, o orçamento para as obras e o cronograma para a implantação.

A linha Cabo Frio e Maricá  era usada para o escoamento da produção de sal da Lagoa de Araruama, além da produção de cocos e demais produtos agrícolas na metade do século XIX. A ferrovia também transportava passageiros. Cabo Frio foi o último local de extensão da ferrovia, que já passava por Saquarema, Araruama, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia, onde ainda há o prédio da estação tombado pelo Iphan.

COMPARTILHAR