“Mercado Sebastião Lan é patrimônio de Cabo Frio e não será privatizado”, diz Davi Souza

Secretário de Governo afirma que proposta da Prefeitura é por uma concessão temporária para a realização da reforma no prédio

0
82
Secretário de Governo afirma que proposta da Prefeitura é por uma concessão temporária para a realização da reforma no prédio. Foto: Divulgação/ Prefeitura de Cabo Frio

Nas últimas semanas, o futuro do Mercado Sebastião Lan, em Cabo Frio, passou a ser motivo de debates. Com parte da estrutura interditada desde novembro de 2018, a ideia da Prefeitura é buscar investimento privado para a reforma do prédio. A proposta recebeu críticas, mas o secretário de Governo de Cabo Frio, Davi Souza, afirma que esta é a melhor solução para modernizar o local.

Em entrevista ao Portal Fontecerta.com, Davi negou a possibilidade de privatização do espaço.

“O Mercado Sebastião Lan é patrimônio de Cabo Frio e não será privatizado. Na concessão, o espaço é cedido por um tempo determinado para a administração de uma empresa, que realiza os investimentos necessários, após o término do contrato, o espaço volta a ser administrado pelo município. O Mercado é um patrimônio público. É nosso, de toda a cidade”, afirma ele.

A Câmara de Vereadores passou a debater a proposta. Parlamentares de oposição apresentaram um projeto para impedir que a Prefeitura estabeleça uma Parceria Público Privada para revitalizar o Sebastião Lan. Na entrevista, Davi defendeu a linha de ação do governo municipal.

Segundo ele, no momento o projeto está em fase de estudos técnicos, que devem ser concluídos em cerca de três meses. Após essa etapa, a Prefeitura poderá definir se o projeto atende às necessidades de todos os envolvidos.

“Todo o estudo está sendo feito com transparência, buscando o diálogo com as pessoas que trabalham no local. No domingo, o Zé (prefeito José Bonifácio) esteve na feira para conversar com todos. Estamos dialogando com a Câmara, que é importante nesse processo e, é bom sempre lembrar, estamos prezando pela modernização do espaço e pela melhoria do patrimônio público. Nosso plano é ter um espaço que ofereça conforto e segurança para todos”, garante o secretário de Governo, que é vereador licenciado.

Perguntado se existem empresas interessadas na Parceria Público Privada, Davi disse que um consórcio de empresas manifestou interesse pela gestão temporária do local.

“A Prefeitura está analisando toda a documentação, e se a parceria for concretizada, o consórcio de empresas poderá fazer os investimentos necessários para a revitalização completa do espaço. Nosso objetivo é fazer do Sebastião Lan uma referência regional na venda de produtos agrícolas e outros produtos”, declara.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here