windows 10 pro office 2019 pro office 365 pro windows 10 home windows 10 enterprise office 2019 home and business office 2016 pro windows 10 education visio 2019 microsoft project 2019 microsoft project 2016 visio professional 2016 windows server 2012 windows server 2016 windows server 2019 Betriebssysteme office software windows server https://softhier.com/ instagram takipçi instagram beğeni instagram görüntüleme instagram otomatik beğeni facebook beğeni facebook sayfa beğenisi facebook takipçi twitter takipçi twitter beğeni twitter retweet youtube izlenme youtube abone instagram

Início Cabo Frio Mirante do Morro do Arpoador é fechado para obras de requalificação

Mirante do Morro do Arpoador é fechado para obras de requalificação

Previsão é de que as obras sejam encerradas no prazo de seis meses

-

O Mirante do Morro do Arpoador, em Cabo Frio, está fechado para obras de requalificação. A Prefeitura deu início às obras de requalificação urbanística da área do entorno do Canto do Forte e da Avenida Almirante Barroso, que dá acesso ao local. O investimento é fruto de um convênio firmado com o Governo Federal, via Caixa Econômica, que é o agente gestor. 

De acordo com a Prefeitura, a obra prevê a reforma total do Mirante do Morro do Arpoador, além da drenagem e do calçamento de toda a Avenida Almirante Barroso. O valor total do investimento é de R$ 2.978.827,49. Deste montante, a contrapartida do município é de R$ 83.086,10. A licitação foi realizada no dia 4 de abril de 2020, e o contrato assinado em 29 de junho do mesmo ano.

De acordo com a secretária-adjunta de Projetos, Márcia Tardelli, embora o contrato tenha sido assinado ano passado, os trabalhos só estão sendo executados agora por conta de um decreto municipal que suspendeu todas as obras no início da pandemia e, também, por causa do período eleitoral: a Lei das Eleições proíbe aos agentes públicos a realização de transferência voluntária de recursos da União aos estados e municípios para início de novas obras nos meses que antecedem o pleito.

Segundo a secretária municipal de Obras e Serviços Públicos, Tita Calvet, a previsão é de que as obras sejam encerradas no prazo de seis meses.  

“Trata-se de um projeto complexo, que prevê até a contratação de um arqueólogo por se tratar de uma região que já abrigou um sambaqui e é tombada pelo Iphan, portanto, de grande relevância histórica. Mas, depois de pronta, trará muitos benefícios para a população, como a realização da drenagem da Avenida Almirante Barroso, que é ponto constante de alagamentos”, disse Tita

Rate this post
- Advertisment -

Mais lidas

Rate this post
%d blogueiros gostam disto: