Início Araruama Morre o ex-dirigente e cronista esportivo Catuka

Morre o ex-dirigente e cronista esportivo Catuka

Carlos Alberto Galvão ajudou a Cabofriense a subir para a elite do futebol carioca pela primeira vez, em 1986

-

Uma semana depois da morte do fundador do Museu do Surfe, Telmo Moraes, Cabo Frio e a Região dos Lagos perdem mais um nome importante do esporte. Morreu neste domingo (26), o ex-dirigente de futebol e cronista esportivo Carlos Alberto Galvão, o Catuka.

Catuka trabalhou por cerca de 50 anos no futebol, incluindo a atuação nos clubes e na imprensa esportiva, na qual chegou a manter o conhecido blog “O Espião do Jogo”. Ele teve passagens como observador técnico ou supervisor pelo Botafogo, Fluminense, Corinthians (SP), Santa Cruz (PE), CSA (AL), Olaria, Volta Redonda, Bangu e Cabofriense.

No time da Zona Oeste do Rio, no início dos anos 1980, ao lado do banqueiro do bicho Castor de Andrade ajudou a montar um dos times mais fortes da história do clube, que chegou a ser vice-campeão brasileiro em 1985. Já pelo Tricolor Praiano, Catuka foi um dos responsáveis por levar pela primeira vez uma equipe profissional de Cabo Frio para a primeira divisão, em 1986.

O cronista esportivo tinha 75 anos e vinha sofrendo problemas de saúde há algum tempo. Ainda não há informações sobre o horário e o local do enterro. Assim que o Portal Fonte Certa tiver a informação esta postagem será atualizada.

 

- Advertisment -

Mais lidas

'Pedal Outubro Rosa' acontece nesta quinta em Cabo Frio

‘Pedal Outubro Rosa’ acontece nesta quinta em Cabo Frio

Evento tem objetivo de somar com a campanha contra o câncer e de conscientizar sobre a importância da bicicleta