HomeCabo FrioMuito mais que um Hotel

Muito mais que um Hotel

O Hostel é todo feito de material reaproveitável e chama a atenção por conta da sua arquitetura, que é feita de containers marítimos reciclados.

-

A cidade de Cabo Frio é conhecida pelas suas praias, pelo seu turismo e pelas suas belas paisagens naturais. Mas será que só isso é capaz de fazer com que Cabo Frio seja um lugar sustentável? Que tal unir o útil ao agradável? Que tal se divertir com conforto e buscar alternativas ecológicas para a preservação do meio ambiente de um jeito para lá de criativo? Aqui o lema é reduzir, reciclar e reutilizar!

Essa é a história do Hostel Container, que fica localizado no bairro de Ogiva, em Cabo Frio. O Hostel é todo feito de material reaproveitável e chama a atenção por conta da sua arquitetura, que é feita de containers marítimos reciclados.

Como surgiu o Hostel?

A ideia do Hostel partiu do empresário Roberto Antunes, durante uma viagem pelos Estados Unidos, ele observou um mini shopping todo feito de Container. Isso serviu de inspiração para que ele pudesse criar o Hostel, o Roberto aproveitou alguns materiais de demolição que tinham sido descartados em algumas construções imobiliárias, como, portas, ferros velhos, bancadas de pia e caixas d’água. Depois de projetar a construção e encontrar um destino útil para os materiais, Roberto inaugurou o hostel em 2016.

Os Containers possuem quartos compartilhados e privados. O empreendimento pode ser considerado tanto um Hostel, que tem um conceito mais coletivo, ou seja, você encontra quartos com várias camas que podem ser reservados por diferentes pessoas, como também um Hotel, que possui uma característica mais individual, com suítes privadas.

Tratamento de água e esgoto do hostel

Toda a água do hostel é tratada e reutilizada. Isso é possível graças a BET (Bacia de Evapotranspiração), a BET é um sistema simplificado de tratamento para águas de vaso sanitário que faz o aproveitamento da água e dos nutrientes presentes no esgoto. A BET pode ser dividida em três partes: um compartimento central para o recebimento e digestão inicial do esgoto, uma camada filtrante e uma área plantada com bananeiras.

Foto: Davi Cêia

Como funciona a BET

A construção da Bacia de Evapotranspiração se inicia com a escavação do solo, que pode ser feita manualmente ou através de máquinas. O segundo passo é a construção de um grande reservatório que vai ficar enterrado, local onde o tratamento do esgoto acontece. O reservatório precisa ser totalmente impermeabilizado para não ter vazamentos no sistema. O reservatório é geralmente feito com alvenaria convencional ou ferro cimento. A entrada de esgoto no sistema é realizada através de uma tubulação que desemboca dentro da câmara central, localizada no fundo do reservatório. A câmara central é a primeira etapa do tratamento, onde ocorre o início da digestão do esgoto. A câmara central pode ser feita de pneus velhos ou blocos cerâmicos. O esgoto então sobe pelas camadas filtrantes compostas de entulho, brita e areia. Acima da camada filtrante, fica uma camada de terra onde são plantadas as bananeiras. Os nutrientes presentes no esgoto são utilizados pelas plantas na produção de novas folhas e frutos, atuando como adubos naturais. Parte da água que entra no sistema é evaporada pelo solo

Reciclagem das águas cinzas

As águas cinzas são aquelas provenientes de chuveiros, banheiras, lavatórios, pias e até mesmo a água da chuva. Essa água é captada, tratada e reutilizada através de cisternas e centrais de tratamento.

Foto: Davi Cêia

Premiação

O Hostel Container recebeu o Certificado na categoria Meios de Hospedagem, na solenidade do 7º Prêmio Braztoa de Sustentabilidade 2018/19 (Associação Brasileira das Operadoras de Sustentabilidade)

O prêmio contou com a participação do Ministério do Turismo, ONU e OMT – Organização Mundial do Turismo.

Foto: Davi Cêia

O Prêmio Braztoa de Sustentabilidade é o principal reconhecimento em turismo sustentável no Brasil – tendo se consolidado como o único no país a lançar um olhar abrangente e integrado para todos os elos da cadeia produtiva nesse setor.

O Hostel Container obteve o reconhecimento por unir conforto e sustentabilidade, uma prova de que se cada um fizer sua parte, podemos apostar em um futuro melhor para as nossas próximas gerações. É pensando no meio ambiente que nós melhoramos o mundo.

Matéria escrita pelo aluno Davi Ribeiro Cêia do curso de Jornalismo da Universidade Veiga de Almeida (Campus Cabo Frio), supervisionada pela Professor Fábio Cadorin *

- Advertisment -

Colunas

Mais lidas

Percurso passa pelo Vale das Pitangueiras, Mirante das Conchas e Morro do Vigia. Foto: Reprodução/ Internet

‘Dia Mundial de Mares Limpos’ acontece neste sábado na Praia do...

0
Neste sábado (30), será realizado o “Dia Mundial de Mares Limpos” na Praia do Peró, em Cabo Frio. A ação vai unir trilheiros, mergulhadores,...
%d blogueiros gostam disto: