windows 10 pro office 2019 pro office 365 pro windows 10 home windows 10 enterprise office 2019 home and business office 2016 pro windows 10 education visio 2019 microsoft project 2019 microsoft project 2016 visio professional 2016 windows server 2012 windows server 2016 windows server 2019 Betriebssysteme office software windows server https://softhier.com/ instagram takipçi instagram beğeni instagram görüntüleme instagram otomatik beğeni facebook beğeni facebook sayfa beğenisi facebook takipçi twitter takipçi twitter beğeni twitter retweet youtube izlenme youtube abone instagram

Início Destaque Município de São Pedro da Aldeia inicia projetos de acessibilidade a pessoas...

Município de São Pedro da Aldeia inicia projetos de acessibilidade a pessoas com necessidades especiais

Representantes de seis secretarias, do Legislativo e do setor privado se reuniram em prol da categoria

-

O prefeito de São Pedro da Aldeia, Fábio do Pastel, recebeu os representantes de seis secretarias municipais, além de vereadores e de um empresário do setor de educação para tratar de projetos que beneficiará pessoas com necessidades especiais. Na reunião, realizada nesta quinta-feira (27), foram colocadas em pauta diversas propostas, inclusive sobre a criação de um local de acolhimento escolar e de saúde do autista. 

O planejamento contempla a elaboração de um Polo de Saúde, Qualidade de Vida e Educação para PCD (Pessoa com Deficiência) e TEA (Transtorno do Espectro do Autismo), que trabalhe também com atividades educativas específicas para o público-alvo. O centro será formado com a participação de diversos setores da cidade.

O prefeito, Fábio do Pastel, pontuou que o tema é de grande relevância para o município e propôs um esforço de trabalho coletivo. “Observo um grande número de pessoas com muita sensibilidade nesse governo. Nosso envolvimento com a acessibilidade tem que avançar. Desde que assumi o governo, estou lutando, por exemplo, pela implantação do Colégio EMESP na cidade. A vontade de ajudar o próximo é o que me move todos os dias”, comentou. 

A diretora do Centro de Reabilitação, Fernanda Suzarte, apresentou um projeto para criação de uma Clínica Escola do Autista no município. A iniciativa conta com a participação das secretarias de Educação, Cultura, Saúde, Assistência Social, Esportes e Agricultura.

“Agradeço pelo envolvimento de todos nesse projeto. É muito importante dar luz ao autismo e às demais necessidades especiais em nossa cidade. Para isso, precisamos de ações em conjunto. O olhar sobre essa parcela da população é urgente e fundamental. Já começamos o mapeamento da população com deficiência no município. Cada proposta dos diversos setores envolvidos enriquece a iniciativa, que trará benefícios para toda população. Vamos juntos”. 

O Polo de Saúde, Qualidade de Vida e Educação para PCD e TEA será construído em novo local, a ser especificado, e vai agregar qualidade de vida para os moradores. A secretária de Saúde, Maria Márcia, que participou da reunião de forma remota, destacou que práticas em prol da acessibilidade estão no planejamento da pasta. “A Secretaria de Saúde está criando a Coordenadoria da Pessoa com Deficiência, que será implementada como política pública, com uma visão e intervenção global, inclusão, acessibilidade e atendimento, possibilitando dar os primeiros passos para a construção de uma rede de serviços específicos a esse grupo”, informou. 

Na ocasião, cada representante expôs ideias e sugestões para acrescentar ações ao projeto. Foram debatidas propostas para garantir a inclusão e o desenvolvimento das pessoas com deficiência, como a carteirinha do autista, projeto já em andamento no município, e atividades de equoterapia, cinoterapia, cinema e cultura inclusivos, horta municipal, entre outros. 

Entre os participantes da reunião, esteve o empresário Fábio Coelho, fundador da Academia do Autismo, que é referência nacional em inclusão e desenvolvimento do público-alvo, com sede localizada na cidade. O gestor se colocou à disposição do governo municipal para contribuir com projetos debatidos. O empresário contribuiu, ainda, com cerca de duas mil revistas de conscientização sobre o autismo para distribuição no município. O material, desenvolvido em parceria com o Instituto Maurício de Souza, a Revista Autismo e a Academia do Autismo, possui dicas de atividades de forma lúdica para o grupo.

- Advertisment -

Mais lidas

%d blogueiros gostam disto: