fbpx
HomeDestaquePoliciais do Bope do RJ adotam câmeras corporais após decisão do STF

Policiais do Bope do RJ adotam câmeras corporais após decisão do STF

Medida visa maior transparência e atende determinação do ministro Edson Fachin

-

Os agentes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) no Rio de Janeiro iniciarão, a partir desta segunda-feira (8), o uso de câmeras corporais durante suas operações. As informações são da assessoria de imprensa da secretaria de estado de Polícia Militar. A medida, que visa proporcionar maior transparência às ações policiais, vem após uma determinação do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), em dezembro de 2022.

A Polícia Militar do Rio de Janeiro confirmou na última quarta-feira (3) que já dispõe de mais de 11 mil câmeras de uso corporal. Além disso, a corporação afirmou ter outras 1.660 em fase de implantação, totalizando 13 mil equipamentos. Apesar de não ter especificado a data de entrada em funcionamento, a PM responde, assim, à recomendação do STF.

A decisão do Supremo não apenas exige a instalação das câmeras, mas também determina o armazenamento das imagens. A polícia também deve compartilhar os registros com o Ministério Público, Defensoria Pública e vítimas de violência policial, quando estes as solicitarem.

A divulgação da implementação das câmeras acontece após a morte de três homens em uma ação do Bope no Complexo de Israel, na Zona Norte do Rio. O caso aconteceu na semana passada. Nesse sentido, o laudo da necrópsia apontou que duas das mortes foram por disparos de fuzil.

Entre no canal do Fonte certa no Telegram e fique por dentro de tudo que acontece na Região dos Lagos! Basta acessar o canal: https://t.me/noticiasregiaodoslagos
- Advertisment -

Colunas

Mais lidas

Prefeitura de Cabo Frio nega contratação de irmão de Janja para...

0
Após visita dos deputados Lindberg Farias e Benedita da Silva, informações eram passadas que Luiz Cláudio da Silva assumiria a Secretaria de Assistência Social