fbpx
HomeDestaqueProcuradoria-Geral da República analisará informações do caso Marielle Franco e Anderson Gomes

Procuradoria-Geral da República analisará informações do caso Marielle Franco e Anderson Gomes

Elementos obtidos na operação conjunta deste domingo (24) vão auxiliar na conclusão das investigações pela PF e pelo MPF

-

A ação conjunta que prendeu o deputado federal Chiquinho Brazão (sem partido) e outras duas pessoas como mandantes da morte de Marielle Franco serviu para coletar novas provas do caso. Ao todo, Procuradoria-Geral da República (PGR), Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e Polícia Federal cumpriram, neste domingo (24), 12 mandados de busca e apreensão.

Na ação, a polícia prendeu Chiquinho Brazão, o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado Domingos Brazão e o ex-diretor da Polícia Civil Rivaldo Barbosa. As investigações apuram o homicídio da vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. Aliás, tratam ainda da tentativa de homicídio contra a assessora Fernanda Chaves. Ela também estava no carro onde aconteceu o crime, em 14 de março de 2018. A operação ocorreu após autorização do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

De acordo com a PGR, as ações deste domingo tiveram por objetivo a coleta de novas provas contra os autores intelectuais dos crimes. Além disso, visava apurar eventuais práticas de obstrução de justiça e organização criminosa. Entre outros locais, o cumprimento dos mandados de busca e apreensão se deu na sede da Polícia Civil do Rio e no Tribunal de Contas.

Nesta etapa procedimental, documentos e dispositivos eletrônicos serão analisados pela Policia Federal. O resultado dessas diligências permitirá que a PGR forme seu juízo definitivo acerca dos crimes, o que precede o ajuizamento da respectiva ação penal.

Entre no canal do Fonte certa no Telegram e fique por dentro de tudo que acontece na Região dos Lagos! Basta acessar o canal: https://t.me/noticiasregiaodoslagos
- Advertisment -

Colunas

Mais lidas

Prefeitura de Cabo Frio nega contratação de irmão de Janja para...

0
Após visita dos deputados Lindberg Farias e Benedita da Silva, informações eram passadas que Luiz Cláudio da Silva assumiria a Secretaria de Assistência Social