fbpx
HomeArraial do CaboCentro Cultural de Arraial do Cabo vai expor motor do zeppelin que...

Centro Cultural de Arraial do Cabo vai expor motor do zeppelin que caiu no município há quase 80 anos

Dirigível do modelo K-36 era usado na 2ª Guerra Mundial e caiu na Ilha do Farol em janeiro de 1944. Peça será um dos atrativos da reinauguração do Centro Educacional e Cultural Manoel Camargo nesta quinta-feira (30)

-

O motor do zeppelin K-36 que caiu em Arraial do Cabo em janeiro de 1944 será uma das peças expostas na reinauguração do Centro Educacional e Cultural Manoel Camargo, nesta quinta-feira (30).

A conquista da permanência do artefato em Arraial do Cabo foi viabilizada pela Prefeitura, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e Delegacia dos Portos de Cabo Frio.

Responsável pela descoberta da peça, em 2019, o mergulhador Jorginho de Paula, da equipe SOS, relembrou a ocasião em entrevista ao Portal Fontecerta.com.

“Há quatro anos, fui fazer um resgate de um pescador desaparecido e me deparei com a peça. Eu coloquei os paraquedas e a trouxe para a terra. Entrei em contato com a Capitania dos Portos, ICMBio, expliquei toda a situação da peça, que era de avião”, lembrou Jorginho.

Depois disso, entrou no circuito o pesquisador e escritor Leandro Miranda, que descobriu que o motor era de um dirigível zeppelin estadunidense, da 2ª Guerra Mundial.

Após as comprovações, o Museu Nacional, no Rio de Janeiro, queria ficar com a peça. No entanto, o grupo cabista conseguir fazer com que o artefato continuasse na cidade.

“Foi comunicado a todos os órgãos competentes e o delegado da capitania na época falou o seguinte: ‘o avião era um avião militar, não era particular. Como pertence à Marinha americana, quem poderia me questionar ou requerer o motor seriam os americanos’. Como eles não estão nem aí para isso, ficou comigo”, pontuou Jorginho, que decidiu passar o objeto para o museu.

Leandro Miranda, autor do livro “K-36 – O Zeppelin Que Caiu No Cabo”, expressou sua satisfação diante dessa exposição: “Finalmente, me parece que ela vai ser exposta no Centro Cultural. Acho muito importante que a peça fique em Arraial e, com isso, seja conectada como uma parte importante da nossa história”.

Entre no canal do Fonte certa no Telegram e fique por dentro de tudo que acontece na Região dos Lagos! Basta acessar o canal: https://t.me/noticiasregiaodoslagos
- Advertisment -
target="_blank"

Colunas

Mais lidas

Retirada de areia no Canal do Itajuru rouba a cena da...

0
Quem passa pela região do Canal do Itajuru, na altura do bairro histórico da Passagem, em Cabo Frio, tem se surpreendido com a envergadura...