fbpx
HomeArmação dos BúziosProlagos distribui relatório anual sobre qualidade da água nas cidades atendidas

Prolagos distribui relatório anual sobre qualidade da água nas cidades atendidas

Folheto será entregue junto com a conta de água e ficará disponível nas lojas e no site da concessionária

-

A água é um bem indispensável e é importante que os moradores se certifiquem sobre a qualidade do que está sendo consumido. Para atestar a eficiência do tratamento da água distribuída pela Prolagos para os municípios de Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia, a concessionária iniciou a distribuição do Relatório Anual de Qualidade da Água, que traz uma série de informações sobre a Estação de Tratamento de Água (ETA) de Juturnaíba, além de fotos, explicações sobre o processo de tratamento e resultados dos parâmetros estabelecidos pelo Ministério da Saúde, como avaliação da cor da água, turbidez, índice de cloro, entre outros dados.

Integrando todo o ciclo da água, o material também destaca o sistema de esgotamento sanitário, trazendo informações sobre o funcionamento das Estações de Tratamento de Esgoto (ETE), assim como, a capacidade de tratamento de cada uma delas. O folheto começou a ser entregue pelos distritos de Monte Alto e Figueira, em Arraial do Cabo, junto com a conta de consumo mensal de água, e será distribuído nas demais cidades, de acordo com o cronograma de leitura dos imóveis. O documento também está disponível para consulta nas lojas de atendimento e no site: www.prolagos.com.br. Além disso, mensalmente é realizada a divulgação dos resultados dos principais parâmetros analisados na fatura de água, em cumprimento ao Decreto Federal 5.440/2005, à Lei Federal 8.078/1990 e à Portaria GM/MS 88/2021.

A concessionária cumpre uma rotina de controle da qualidade que inclui a realização diária de coletas e análises laboratoriais da água em diversas partes do sistema de abastecimento, que totalizam mais de quatro mil exames mensais. As análises são efetuadas por laboratório credenciado pelo INEA, certificado pelo Inmetro, garantindo a potabilidade da água. Os resultados são encaminhados aos órgãos de saúde pública e à Agência Reguladora (Agenersa). Além disso, mensalmente, os resultados dos principais parâmetros analisados também são informados na conta de água.

“Nosso controle de qualidade é feito em todo sistema de abastecimento até o hidrômetro, mas dentro do imóvel é fundamental que os moradores façam a limpeza das cisternas e caixas d’água a cada seis meses e que não seja utilizado o mesmo reservatório para armazenar água do sistema público e água de poço”, ressalta o gerente Operacional, Pablo Meletti.

Conheça mais sobre os parâmetros analisados:

Coliformes Totais Associados e Não Associados: indicador de contaminação associado aos animais;
Escherichia coli: está relacionada às doenças transmitidas pela água;
Turbidez: parâmetro estético relacionado ao grau de transparência da água;
Cloro Residual Livre: o residual desse elemento revela que a água está livre de contaminantes;
Cor: parâmetro estético relacionado às substâncias dissolvidas na água.

Entre no canal do Fonte certa no Telegram e fique por dentro de tudo que acontece na Região dos Lagos! Basta acessar o canal: https://t.me/noticiasregiaodoslagos
- Advertisment -

Colunas

Mais lidas