A Prefeitura de Cabo Frio aumentou a flexibilização nas atividades do município, mas ainda não foi dessa vez que os templos religiosos foram autorizados a reabrir para celebrações. A proibição foi confirmado pelo decreto municipal publicado neste sábado (4). Diante disso, o Conselho de Pastores de Cabo Frio se pronunciou por meio de um comunicado.

Em tom de conciliação, a entidade garante que vai continuar obedecendo às determinações das autoridades e orientou que as comunidades e igrejas evangélicas não ‘furem’ a quarentena, contrariando o decreto.A diretoria do Conselho disse que aguarda um acordo entre a Prefeitura e o Ministério Público para que ocorra a reabertura gradual dos templos.

“Os Pastores e Líderes devem pois aguardar a regulamentação por Decreto do Prefeito, a fim de reabrirem os templos para reuniões presenciais, fazendo-o portanto com o devido amparo legal”, diz o texto da nota.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *