O futuro político do ex-prefeito de Cabo Frio, Alair Corrêa, será definido na Câmara Municipal na noite desta terça-feira (23). Entrará na pauta da sessão a votação das contas referentes ao seu governo nos anos de 2013, 2014, 2015 e 2016. O relatório da Comissão de Finanças, Orçamento e Alienação acompanha o parecer do Tribunal de Contas do Estado do Rio (TCE-RJ).

Caso as contas sejam reprovadas em plenário, o ex-prefeito pode ficar inelegível por oito anos. Para escapar da reprovação das contas, o ex-prefeito precisa dos votos de dois terços dos parlamentares.

O último mandato de Alair Corrêa à frente da Prefeitura de Cabo Frio terminou em 31 de dezembro de 2016. O governo foi marcado por crise econômica, atrasos salariais dos servidores e greves. Alair decidiu voltar à política este ano, candidatando-se a uma vaga de deputado estadual, mas, com 3.294 votos, não teve sucesso. Após o resultado da votação, o veterano político disse que enfrentou o ‘voto de protesto’ e a ‘venda de votos’.

“Enfrentei uma batalha tremenda, sem recursos como outros candidatos que estavam endinheirados, perseguido por uma mídia vingativa e com o povo optando pelo voto de protesto ou preferindo a venda do voto. Meu partido é pequeno, não tive tempo de TV, fiquei isolado e acabei não conseguindo ter a votação necessária”, disse Alair, completando que voltará a se dedicar à vida empresarial para ‘mais à frente’ se ‘posicionar politicamente’.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *