O comércio que não é considerado essencial em Cabo Frio vai ficar com as portas fechadas, pelo menos, até a próxima sexta-feira (5). Apenas estabelecimentos como supermercados, mercados, hortifrutis, farmácias, depósitos de água, entre outros, continuam a ter permissão de funcionar, mesmo assim observando as normas de segurança sanitária.

O prefeito Adriano Moreno (DEM) editou nesta sexta-feira (29) o Decreto 6.262 que prorroga as medidas de enfrentamento contra a disseminação do novo coronavírus. O funcionamento do comércio varejista, restaurantes e lanchonetes deverá observar as disposições do Decreto nº 6.256, de 25 de maio de 2020, que permite o funcionamento dos serviços de “take away” e “drive thru”.

O Gabinete de Gestão de Crise avalia a necessidade da continuidade de aplicação dessas medidas temporárias de prevenção ao contágio, de enfrentamento e contingenciamento em saúde da propagação decorrente do vírus.

Uma reunião do prefeito e de integrantes do governo com comerciantes e empresários da rede hoteleira está marcada para esta terça-feira (2), na sede do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *