O Ilê Asé Iya Oju Omi vai promover neste domingo (16) o “Ewè Oró: saberes ancestrais”, que vai entregar o Prêmio Maria Catarina do Congo e Prêmio Benedito Meia Légua a personalidades que se destacam na defesa dos direitos e da cultura dos povos e saberes ancestrais. O evento vai acontecer das 9:30 às 15:30 na sede do Ilê Asé Iya Oju Omi, em São Pedro da Aldeia.

Maria Catarina da Silva, conhecida como Maria Catarina do Congo, foi uma importante liderança religiosa afro-brasileira do século XIX e Benedito Caravelas, mais conhecido como Benedito Meia Legua foi um grande líder, estrategista que libertou centenas de escravizados no Sudeste do Brasil. 

Dentre os destaques da programação, além das premiações, estão as celebrações culturais, incluindo roda de conversa, palestras, apresentações de Jongo Fiderioman e Afoxé Fiderioman. 

Segundo a organização do evento, o  “Ewè Oró: saberes ancestrais”  é uma ação que busca reconhecer o trabalho de indivíduos e organizações que lutam pela valorização, respeito e preservação das tradições dos povos tradicionais, para promover a diversidade cultural e religiosa do Brasil. 

Essa premiação, ainda de acordo com a organização do evento, é um símbolo importante na busca por igualdade e justiça para todas as manifestações dos povos tradicionais de terreiros  e culturais afro-brasileiras.

Para atender a todos, a organização do evento informou que o local vai contar com banheiros químicos (inclusive unidades adaptadas para PNE), espaço reservado e privilegiado para PCD e intérprete de libras, além da sensibilização da equipe visando a acessibilidade comunicacional desde a concepção, utilizando linguagem simples para viabilizar a ferramenta de audiodescrição para alcançar os usuários deficientes visuais.

A ação é uma iniciativa da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Paulo Gustavo com apoio do Governo Federal, Ministério da Cultura e Governo do Estado do Rio de Janeiro. 

Confira a programação completa 

16 de Junho de 2024

10h às 16h no terreiro

10:00h Apresentação Jongo Fiderioman

11:00h Palestra –  “Honrando a Sabedoria Ancestral: Os pretos velhos”

Intervalo para almoço

13h – Entrega Prêmio Benedito Meia Légua e Maria Catarina do Congo

14h Roda de Conversa Ewe Oro

15:30h Apresentação Afoxé Fiderioman,  Exposição de artesanatos/vestimentas – Ateliê Fiderioman e Associação dos Artesãos, Os participantes receberão mudas que poderão cultivadas nas respectivas casas