Início Cabo Frio Praia do Forte, em Cabo Frio, é alvo de estudos para ocupação...

Praia do Forte, em Cabo Frio, é alvo de estudos para ocupação de atividades comerciais

Objetivo é identificar de que forma é possível promover o uso harmônico e sustentável da orla

-

Em atendimento ao acordo realizado pelo Ministério Público Federal (MPF), a Prefeitura de Cabo Frio realiza diagnóstico por imagem da Praia do Forte, que tem por finalidade gerar subsídios para o reordenamento das atividades comerciais do principal cartão-postal do município.

O objetivo é identificar de que forma é possível promover o uso harmônico e sustentável da orla. A coleta das imagens é feita por drones de alta precisão.
 
“A praia vazia permite melhor entendimento dos espaços, das áreas, que locais devem ser destinados às pessoas, quais ao meio ambiente, e quais para a coexistência da população, do meio ambiente e das atividades comerciais”, explicou Felipe Araújo, secretário de Desenvolvimento da Cidade, acrescentando que o levantamento é feito em conjunto com Secretarias de Meio Ambiente e de Ordem Pública.
 
De acordo com Araújo, esta etapa inicial é o diagnóstico por imagens georreferenciadas e ortorretificadas que permite identificar quais são as áreas de recomposição vegetal, quais os caminhos de acesso a praia, qual a largura da faixa de areia, entre outros dados. Após essa coleta será feita uma matriz geradora de números que orientará o reordenamento. As imagens são coletadas por drones.
 
A matriz trará informações como divisão da praia e de licenças, ambas por setor; quantidade de permissões para comércio ambulante e de pontos fixos de barracas, também por setor, entre outras ações de organização. A partir daí um documento com coordenadas referenciadas destes locais vai orientar a Secretaria de Ordem Pública, em conjunto com a Procuradoria-Geral do Município, no redesenho das atividades comerciais na orla da Praia do Forte e vai facilitar a fiscalização pela Coordenadoria de Posturas.

- Advertisment -

Mais lidas