Prefeitura de Búzios registra primeiro caso de varíola dos macacos no município

Homem de 40 anos voltou de viagem internacional e está isolado, com quadro estável

0
115
Homem de 40 anos voltou de viagem internacional e está isolado, com quadro estável

A Prefeitura de Búzios confirmou nesta quinta-feira (14), o primeiro caso de Monkeypox (varíola dos macacos) no município. Segundo o setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, trata-se de um homem de 40 anos, morador da cidade e que havia voltado há alguns dias de uma viagem a cidade de Barcelona, na Espanha.

O paciente foi atendido no último dia 7 na Policlinica do bairro Manguinhos onde, identificada a suspeita, foi acomodado em uma sala especial até que fosse realizada uma averiguação clínico-epidemiológica e a coleta de material para que exames laboratoriais fossem realizados. Em seguida já foi encaminhado para o isolamento domiciliar, até a conclusão do diagnóstico, para evitar a propagação da doença. O paciente segue em isolamento, com quadro estável. A Secretaria de Saúde informou que monitora o caso até sua recuperação. O secretário de Saúde, Leônidas Heringer, se pronunicou para tranquilizar a população.

“Não há motivos para pânico, a varíola dos macacos é uma doença que tende a ser leve e, geralmente, os pacientes se recuperam em algumas semanas sem tratamento específico, apenas com repouso, muita hidratação oral, além de medicações para diminuir o prurido e controle de sintomas como febre ou dor. Este é, até o momento, o único caso registrado em Búzios, e as medidas de segurança foram tomadas rapidamente e está controlado. A Secretaria de Saúde está, desde que os primeiros casos surgiram na Europa, preparada para lidar com essa demanda”, afirma.

A Prefeitura disse que a Organização Mundial de Saúde (OMS) considera a doença branda, sem mortes registradas, mas informou que, m caso de percepção dos sintomas semelhantes aos da Monkeypox, o morador de Búzios deve procurar a unidade de saúde mais próxima, prioritariamente as policlínicas ou o Hospital Municipal Rodolpho Perissé (HMRP), para o correto diagnostico, pois, o município conta com os instrumentos para a realização dos exames.

A população deve manter a caderneta de vacinação atualizada, o sistema imunológico forte é crucial para que o organismo humano se defenda da doença

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here