windows 10 pro office 2019 pro office 365 pro windows 10 home windows 10 enterprise office 2019 home and business office 2016 pro windows 10 education visio 2019 microsoft project 2019 microsoft project 2016 visio professional 2016 windows server 2012 windows server 2016 windows server 2019 Betriebssysteme office software windows server https://softhier.com/ instagram takipçi instagram beğeni instagram görüntüleme instagram otomatik beğeni facebook beğeni facebook sayfa beğenisi facebook takipçi twitter takipçi twitter beğeni twitter retweet youtube izlenme youtube abone instagram

Início Cabo Frio Prefeitura de Cabo Frio elabora protocolo para retorno híbrido das aulas na...

Prefeitura de Cabo Frio elabora protocolo para retorno híbrido das aulas na rede municipal

Documento elaborado pela equipe de gestão pedagógica está disponível no site da Secretaria de Educação

-

O início das atividades híbridas na rede municipal de ensino de Cabo Frio será na segunda-feira (16). Cerca de 32 mil alunos matriculados para o ano letivo de 2021 passarão para o sistema que inclui aulas remotas e presenciais. Apenas os alunos da Educação Infantil (creche e pré-escola) seguem em modelo totalmente remoto. O calendário foi definido pela Justiça em audiência de conciliação ocorrida no dia 22 de julho.

Para garantir que os estudantes tenham acesso aos conteúdos, e ao mesmo tempo haja segurança sanitária para toda a comunidade escolar, a Secretaria de Educação elaborou dois documentos norteadores. 

O primeiro trata do protocolo sanitário para o retorno híbrido nas unidades escolares, construído com a participação dos diretores das unidades escolares e do Sepe Lagos (Sindicatos Estadual dos Profissionais de Educação, Núcleo Lagos). O segundo é um guia de orientações pedagógicas para o sistema híbrido, formatado pela equipe de Gestão Pedagógica.

Os dois documentos serão disponibilizados na íntegra no site da Secretaria de Educação. Além disso, os textos foram encaminhados às 90 unidades escolares e três Centro de Atendimento Pedagógico que constituem a rede municipal.

Segundo a gestora Educacional, Márcia Tardelli, caberá às equipes diretivas a organização e aplicação dos conteúdos à realidade específica de cada unidade escolar.

“As escolas deverão se adequar às orientações pedagógicas elaboradas no guia e no protocolo para garantir que o rodízio ocorra de forma eficiente e que nenhum aluno seja prejudicado. Vamos seguir as etapas acordadas, observando sempre o bandeiramento do Estado, aumentando o percentual de escolas aptas para as atividades presenciais e alunos em sala de aula, até chegar a 100% em 18 de outubro”, explicou.

Os alunos serão divididos em grupos identificados pelas cores verde, laranja e azul para as atividades presenciais, e um quarto grupo na cor amarela, para aqueles que optarem por permanecer no ensino remoto. 

Caso ocorra suspeita ou confirmação de casos de Covid-19 entre os optantes pelas atividades presenciais, o responsável pelo aluno, ou ele próprio (caso seja maior de idade), deverá comunicar o fato à unidade escolar, que o deslocará para o ensino remoto.

Haverá, ainda, a possibilidade de manutenção de atividades pelo ensino remoto, sem acesso virtual, por meio de material impresso, que deverá ser retirado e entregue na unidade escolar. Este será corrigido e devolvido ao estudante, mensalmente.

No mês de novembro será aplicada avaliação diagnóstica de Língua Portuguesa e Matemática para os alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º e 2º anos do Ensino Médio, elaborada pela Secretaria de Educação. Após a aplicação, a equipe irá formatar estratégias voltadas para a recuperação dos estudantes que apresentarem dificuldades na aprendizagem.

Em relação aos protocolos de segurança sanitária, o documento trata das normativas em relação à higienização dos ambientes e uso de equipamentos de proteção individual. Também traz orientações quanto à manipulação de alimentos, biossegurança dos refeitórios, uso de bebedouros, banheiros e espaços comuns, gestão de resíduos e transporte escolar.

“Estamos trabalhando muito para que o retorno das atividades em formato híbrido aconteça com a rede em pleno funcionamento. Temos muitos desafios a vencer, questões que estão há tempos sem solução, e que cabem à gestão atual resolver. Uma coisa a comunidade escolar pode ter certeza, a equipe da Secretaria de Educação não mede esforços e se empenha para fazer desta rede um modelo para a região”, enfatizou a secretária de Educação, Elicéa da Silveira.

- Advertisment -

Mais lidas

%d blogueiros gostam disto: