Início Destaque Prefeitura de São Pedro da Aldeia justifica obras inacabadas de novos pontos...

Prefeitura de São Pedro da Aldeia justifica obras inacabadas de novos pontos de ônibus

Município alega falta de repasses do Governo Federal; problema foi mostrado pelo portal em janeiro

-

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia divulgou uma nota no fim da tarde desta sexta-feira (23) para justificar a paralisação nas obras de construção de novos pontos de ônibus na cidade. De acordo com o governo municipal, o problema é a interrupção dos repasses do Governo Federal, por meio do Ministério das Cidades e da Caixa Econômica Federal, que custeia a maior parte da obra. A prefeitura afirma que é responsável por apenas 2% do investimento.

A situação foi noticiada pelo portal no último dia 26 de janeiro. Na época, a reportagem ouviu muitas reclamações dos moradores sobre a demora na conclusão da obra, que tinha como previsão de entrega 30 de dezembro do ano passado. O projeto prevê a construção de 68 novos abrigos a um custo de R$ R$ 725.330,70.

Confira abaixo a íntegra da nota da prefeitura.

“A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informa que a ampliação e construção de abrigos de passageiros no município é fruto de um convênio com o Ministério das Cidades e interveniência da Caixa Econômica Federal (CEF).

As intervenções com relação às obras ocorrem de acordo com a disponibilidade de recursos repassados pelo Governo Federal. Isto é, o andamento das obras depende do repasse de verbas e a contrapartida aldeense equivale a 2% do montante total do investimento.

O governo esclarece que a paralisação se deve ao não repasse pelo Ministério das medições feitas. As equipes técnicas estão em contato com o órgão para viabilização do pagamento em atraso e uma comitiva aldeense viajará até Brasília visando acelerar a liberação desse recurso.

Até o momento, o valor liberado e pago pelo Ministério das Cidades equivale a R$7.382,97, com contrapartida da Prefeitura aldeense de R$150,67.

A Prefeitura destaca ainda que o valor licitado de R$725.330,70, em licitação ocorrida em 28/06/2017, passou por ajustes de valores por parte da Caixa Econômica Federal. Sendo a primeira em 26/07/2017. Após o início das obras, foi verificada a necessidade de pequenos ajustes no projeto técnico de engenharia. Após a solicitação de alteração do projeto, feita pela Prefeitura de São Pedro da Aldeia em 30/10/2017 e autorizado pela CEF em 29/11/2017, o que ocasionou a paralisação das obras, o projeto sofreu nova redução de valores e hoje vigora no montante de R$677.813,66.

É importante destacar que as equipes das Secretarias de Urbanismo e de Projetos vêm acompanhando a execução das obras, que ocorrem conforme liberação de pagamento por parte do Ministério das Cidades, que depende de autorização e fiscalização dos técnicos da CEF.

O governo reitera o compromisso com a ampliação e construção de novos pontos de ônibus, oferecendo melhoria na qualidade de vida e conforto aos usuários de transportes coletivos, ressaltando que os recursos financeiros destinados a obra advém, em sua maioria, do Ministério das Cidades. A título de contrapartida, a Prefeitura aldeense investirá somente R$13.556,28.”

- Advertisment -

Mais lidas

'Pedal Outubro Rosa' acontece nesta quinta em Cabo Frio

‘Pedal Outubro Rosa’ acontece nesta quinta em Cabo Frio

Evento tem objetivo de somar com a campanha contra o câncer e de conscientizar sobre a importância da bicicleta