windows 10 pro office 2019 pro office 365 pro windows 10 home windows 10 enterprise office 2019 home and business office 2016 pro windows 10 education visio 2019 microsoft project 2019 microsoft project 2016 visio professional 2016 windows server 2012 windows server 2016 windows server 2019 Betriebssysteme office software windows server https://softhier.com/ instagram takipçi instagram beğeni instagram görüntüleme instagram otomatik beğeni facebook beğeni facebook sayfa beğenisi facebook takipçi twitter takipçi twitter beğeni twitter retweet youtube izlenme youtube abone instagram

Início Cabo Frio Prefeitura e Capitania dos Portos elaboram plano de regulamentação de serviços marítimos...

Prefeitura e Capitania dos Portos elaboram plano de regulamentação de serviços marítimos em Cabo Frio

Previsão é que medidas passem a ser aplicadas em março

-

O Plano de Uso e Ocupação de Praias e Áreas Adjacentes, que vai regulamentar o ordenamento dos serviços marítimos em Cabo Frio, já está sendo elaborado pela Prefeitura e Capitania dos Portos. Para acertar os detalhes, o secretário adjunto de Turismo, Carlos Cunha, se reuniu esta semana com o delegado da Capitania dos Portos, Alexandro Sarmento Vianna.

De acordo com Carlos Cunha, o plano vai regulamentar os serviços marítimos oferecidos no município e a utilização das áreas de praias e lagoas. A expectativa é que até março as primeiras ações comecem a ser colocadas em prática.

“Cabo Frio será a primeira cidade da região a ter este ordenamento, que será fundamental para respaldar o desenvolvimento do turismo náutico, uma das vertentes que receberá destaque nesta nova gestão municipal”, disse o secretário adjunto de Turismo.

No Plano de Uso e Ocupação de Praias e Áreas Adjacentes estarão, entre diversos outros pontos, o ordenamento de serviços como banana boat, stand up paddle, caiaques e moto aquática. “Os locais e horários onde estes serviços poderão funcionar, as normas de segurança e regulamentação, tudo isso estará incluso no plano, que está sendo elaborado junto com a Marinha do Brasil”, finalizou Carlos Cunha.

- Advertisment -

Mais lidas

%d blogueiros gostam disto: