windows 10 pro office 2019 pro office 365 pro windows 10 home windows 10 enterprise office 2019 home and business office 2016 pro windows 10 education visio 2019 microsoft project 2019 microsoft project 2016 visio professional 2016 windows server 2012 windows server 2016 windows server 2019 Betriebssysteme office software windows server https://softhier.com/ instagram takipçi instagram beğeni instagram görüntüleme instagram otomatik beğeni facebook beğeni facebook sayfa beğenisi facebook takipçi twitter takipçi twitter beğeni twitter retweet youtube izlenme youtube abone instagram

Início Destaque Procon de São Pedro da Aldeia encontra irregularidades em lojas de redes...

Procon de São Pedro da Aldeia encontra irregularidades em lojas de redes alimentícias

Estabelecimentos apresentavam falhas quanto ao armazenamento e às datas de validade dos produtos

-

O Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor (Procon) de São Pedro da Aldeia fiscalizou, na última quarta-feira (17), dois estabelecimentos pertencentes a redes do gênero alimentício no bairro Balneário. Os locais apresentavam irregularidades no armazenamento e nas datas de validade dos produtos. A ação aconteceu após denúncias feitas ao órgão. Ambos foram notificados.

Na primeira unidade fiscalizada, filial de uma rede de fastfood, foram encontrados produtos vencidos, sem especificação do prazo de validade e com a data adulterada, além de funcionários manuseando os ingredientes sem luvas e toucas. Foram descartados bifes de hambúrguer, molhos, chocolates em barra, paçoca, granulados, flocos de malte, dentre outros ingredientes. A equipe também constatou a ausência de documentos essenciais como o Alvará de Funcionamento, licença da Vigilância Sanitária e autorização do Corpo de Bombeiros, vencidos desde 2014.

Na segunda loja visitada, foram descartados pães, queijos, presuntos, carnes, bolos, biscoitos, doces e salgadinhos. Os produtos também não tinham nenhum tipo de especificação, como lote, data de fabricação e validade.

A Polícia Civil realizou perícia em ambos os locais. Os estabelecimentos deverão apresentar o cumprimento das exigências em um prazo de 15 dias. A rede de fast food precisará, ainda, regularizar a situação documental em um prazo de 72 horas.

Já na segunda loja, o responsável pelo estabelecimento durante a fiscalização foi encaminhado à Delegacia do Município (125º DP), onde foi instaurado inquérito para apurar as infrações contra a Lei de Ordem Econômica e Tributária.

Irregularidades podem ser denunciadas por meio dos telefones (22) 2627-6086, que funciona como Whatsapp, ou por ligação através do número (22) 2321-0848. Também é possível obter informações presencialmente na sede do órgão, localizada na Rua Hermógenes Freire da Costa, nº 136, no Centro, atrás do Fórum.

Rate this post
- Advertisment -

Mais lidas

Rate this post
%d blogueiros gostam disto: