Início Destaque Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de São Pedro da Aldeia...

Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de São Pedro da Aldeia realiza visitas técnicas

Objetivo é desenvolver projetos em parceria com o Creas e Conselho Tutelar

-

Uma equipe técnica da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH) de São Pedro da Aldeia visitou, ao longo da semana, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e a sede do Conselho Tutelar. As instituições, permanentes e autônomas, possuem papel fundamental no cumprimento dos direitos da criança e do adolescente. A equipe conheceu de perto as atividades realizadas em cada uma das instituições.

Os técnicos visitaram as instalações do Creas, que funciona em frente à Capela Municipal, no centro da cidade. Na instituição é feito o atendimento às pessoas que se encontram em situação de risco social ou tiveram seus direitos violados. São oferecidos serviços como abordagem social, medidas socioeducativas a menores infratores, além de ações com idosos e familiares.

O trabalho social e o acompanhamento a cidadãos em vulnerabilidade social é realizado de forma continuada. A psicóloga do Creas, Danielle Spíndola, reforçou a importância da assistência oferecida.

“Doamos roupas, alimentação, kit higiene para a população de rua e, em algumas situações específicas, passagem de ônibus para pessoas que não conseguiram se manter na cidade e precisam retornar ao local de origem”.

A visita à sede do Conselho Tutelar, que também realiza suas atividades no Centro da cidade, foi acompanhada pela presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Luciana de Oliveira. A presidente do Conselho Tutelar, Elisabete Sousa, explicou o funcionamento da entidade e como são encaminhados os mais de 5 mil casos registrados no órgão, dos quais cerca de 4,7 mil estão ativos.

“O órgão ainda é desconhecido pela população, apesar de ter sido instituído a partir da criação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que já completou 30 anos de fundação. As nossas atribuições ainda são um pouco mal interpretadas. É um órgão autônomo, ligado ao município por questões legais. O trabalho alinhado com a secretaria é sempre de melhorar o atendimento às crianças e adolescentes”, destacou a presidente.

A secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Diana Alves, seguirá com o cronograma de visitas às instituições filantrópicas cadastradas nos conselhos da secretaria.

Rate this post
- Advertisment -

Mais lidas

Rate this post
%d blogueiros gostam disto: