Início Araruama Vacinação contra HPV pode ser estendida aos homens no Estado do Rio

Vacinação contra HPV pode ser estendida aos homens no Estado do Rio

Projeto de lei de autoria do ex-deputado Átila Nunes será votado nesta terça-feira na Alerj

-

O Programa Estadual de Vacinação contra o HPV (Human Papiloma Virus) – instituído pela Lei 6.060/11 – pode ser estendido à população do sexo masculino. A determinação é do projeto de lei 2.391/17, do ex-deputado Átila Nunes, que a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) vota nesta terça-feira (22), em primeira discussão. Por já ter recebido emendas parlamentares, o texto poderá ser alterado durante a votação.

O programa é voltado principalmente às pessoas que ainda não tenham vida sexual ativa. Segundo o novo texto, o programa deverá beneficiar preferencialmente as pessoas do sexo feminino, buscando meios e recursos para atender oportunamente a ambos os sexos.

A legislação em vigor determina que o Governo do Estado realize uma campanha anual de vacinação nas unidades da rede estadual pública de ensino e unidades socioeducativas de internação; produza material educativo dirigido especialmente à população-alvo, informando e conscientizando sobre a importância e benefícios da vacina e formas de prevenção, além de realizar convênios com instituições públicas para a organização de programas educativos, cursos e projetos de capacitação e controle de cobertura e aceitação da vacina.

HPVO HPV é um vírus que infecta a pele e as mucosas, podendo causar verrugas ou lesões precursoras de câncer, como o câncer de colo de útero, garganta ou ânus. O HPV é transmitido, em geral, pelo contato de pele com a pele, e o modo mais comum de transmissão é por meio do ato sexual. Quaisquer pessoas que tenham uma vida sexual ativa estão em risco de entrar em contato com algum dos tipos de HPV.

- Advertisment -

Mais lidas

pendik escort kartal escort çekmeköy escort mersin escort türkçe altyazılı porno lezbiyen porno sex hikaye mersin escort bodrum escort