Policiais civis prenderam em flagrante, nesta segunda-feira (10), um homem de 39 anos, que, durante meses, agrediu a companheira, chegou a mantê-la em cárcere privado dentro de casa por vários dias e tentou matá-la enforcada em Arraial do Cabo.

Na ocasião, a vítima conseguiu fugir e buscou ajuda na casa de um pastor. O companheiro, então, ateou fogo em todos os pertences da mulher.

O agressor, que já tinha sido preso no ano de 2019, foi libertado há poucos meses e foi até o trabalho da ex-mulher. A vítima correu para a delegacia, onde buscou a ajuda dos policiais.

A equipe conseguiu prender o acusado escondido nos arredores, enquanto fazia uma tocaia, aguardando a ex-mulher sair da delegacia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *