Nesta segunda-feira (22) por volta das 9h da manhã, o Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação do Rio de Janeiro, Núcleo Lagos (Sepe Lagos) realizou um protesto em frente à prefeitura de Cabo Frio.

A manifestação reuniu servidores da educação aposentados e da ativa com objetivo de cobrar do prefeito Adriano Moreno (DEM) o pagamento imediato de todos os servidores aposentados do município, cujos vencimentos estão atrasados há 17 dias e, pelo segundo mês consecutivo, tiveram o pagamento escalonado por faixa salarial.

O protesto exigiu ainda que a administração municipal recue da aprovação do Projeto de Lei (PL) 1/2020, que impõe mudanças na estrutura organizativa do Instituto de Benefícios e Assistência aos Servidores Municipais de Cabo Frio (Ibascaf) e atacou o Programa de Assistência Médica aos Servidores Municipais (PasMed).

O Sepe Lagos se opôs à transferência do PasMed do Ibascaf para a parefeitura porque, segundo o sindicato, essa medida visa impedir que os servidores municipais exerçam algum controle social sobre seu programa de assistência médica.

O Fonte Certa entrou em contato com a Prefeitura de Cabo Frio e aguarda nota sobre o caso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *