HomeDestaqueEquipe do Programa do Artesanato Brasileiro realiza capacitação com servidores de Iguaba...

Equipe do Programa do Artesanato Brasileiro realiza capacitação com servidores de Iguaba Grande

Ação tem objetivo de desenvolver atividades que buscam a valorização do artesão brasileiro, elevando o nível cultural, profissional, social e econômico

-

Nesta segunda-feira (25) a cidade de Iguaba Grande recebeu a equipe do Programa Artesanato Brasileiro (PAB) para capacitação com servidores municiais. A ação, realizada pelas secretarias de Turismo e Cultura, tem o objetivo de desenvolver atividades que buscam a valorização do artesão brasileiro, elevando o nível cultural, profissional, social e econômico.

A capacitação, realizada na Casa de Cultura, localizada na Estrada do Sopotó, deixará os servidores municipais aptos a atender artesãos locais e auxiliá-los nos pré-cadastramento para a emissão da Carteira Nacional do Artesão.

“Observamos a dificuldade de alguns artesãos locais em realizar o pré-cadastro no site do Gov.br, devido a isso, convidamos a equipe do Programa Artesanato Brasileiro para capacitar nossos servidores e deixá-los aptos a atender os artesãos locais no que diz respeito ao serviço para a emissão da Carteira Nacional do Artesão”. Explicou a secretária de Turismo, Esporte e Lazer, Carla Valle.

Além do auxílio para emissão da carteira, os servidores estão sendo treinados para contribuir através da disseminação de conteúdos aproveitando as vocações regionais, a preservação das culturas locais, auxiliando os profissionais na formação de uma mentalidade empreendedora e a capacitação de artesãos para o mercado competitivo, promovendo a profissionalização.

“Estamos empenhados em ajudar cada vez mais a classe dos artesãos que é muito grande aqui em nossa cidade. Em paralelo a capacitação, faremos atendendo de, aproximadamente, 30 pessoas que não conseguiram realizar o pré-cadastro pelo site do Gov.br”. Completou a subsecretária de Cultura, Miryan Inês.

A Carteira Nacional do Artesão permite ao trabalhador artesão o acesso as políticas públicas desenvolvidas pelo Programa do Artesanato Brasileiro e Coordenações Estaduais do Artesanato. Com a certeira o artesão terá a possibilidade de participar de feiras de artesanato nacionais e internacionais; participar de oficinas e cursos de artesanato; ter acesso a incentivos fiscais; isenção do ICMS na comercialização dos produtos; facilidade de acesso ao microcrédito – empréstimo de pequeno valor a microempreendedores formais e informais; acesso à nota fiscal avulsa de Emissão Eletrônica (e-NFA) e a possibilidade de ser contribuinte autônomo para fins previdenciários.

- Advertisment -

Colunas

Mais lidas

Percurso passa pelo Vale das Pitangueiras, Mirante das Conchas e Morro do Vigia. Foto: Reprodução/ Internet

‘Dia Mundial de Mares Limpos’ acontece neste sábado na Praia do...

0
Neste sábado (30), será realizado o “Dia Mundial de Mares Limpos” na Praia do Peró, em Cabo Frio. A ação vai unir trilheiros, mergulhadores,...
%d blogueiros gostam disto: