Região dos Lagos fecha primeiro quadrimestre de 2022 com saldo positivo de mais de 4,9 mil empregos, revela Firjan

O melhor resultado da área no primeiro quadrimestre ficou com Araruama seguido de Arraial do Cabo

0
142
O melhor resultado da área no primeiro quadrimestre ficou com Araruama seguido de Arraial do Cabo. Foto: Divulgação/ Internet

A Região dos Lagos já acumula saldo positivo de 4.968 postos de trabalho formais em 2022. A conclusão veio a partir da análise agregada de todos os setores econômicos – indústria, comércio, serviços e agropecuária – no período de janeiro a abril, via plataforma Retratos Regionais. O melhor resultado da área no primeiro quadrimestre ficou com Araruama (+2.196) seguido de Arraial do Cabo (+1.206). O recorte segue a atual divisão político-administrativa do estado e contempla os seguintes municípios: Araruama, Arraial do Cabo, Búzios, Cabo Frio, Casimiro de Abreu, Iguaba Grande, Rio das Ostras, São Pedro da Aldeia, Saquarema e Silva Jardim.

A análise específica da indústria da microrregião mostra que, de janeiro a abril de 2022, o setor registrou saldo positivo de 2.247 vagas de trabalho formais. Araruama (+1.542) e Rio das Ostras (+243) representam os melhores resultados industriais da Região dos Lagos neste período. O segmento que impulsionou este número foi a construção civil (+1.753).

Análise estadual

Em abril, o estado do Rio de Janeiro abriu 22.403 novos postos de trabalho formais e todos os grandes setores apresentaram saldo positivo no mês. Análise da Firjan, feita a partir da plataforma Retratos Regionais, destaca que o setor de Serviços (+14.865) foi o que mais abriu vagas, seguido por Indústria e Construção (+5.774), Comércio (+1.618) e Agropecuária (+146). Com esse desempenho, o mercado de trabalho formal fluminense apresentou o segundo maior saldo de contratações do país no mês, atrás apenas de São Paulo.

No setor de Serviços, o segmento de Alimentação (+2.879) liderou as contratações em abril, especialmente no ramo de Restaurantes e Outros Estabelecimentos de Serviços de Alimentação e Bebidas. No setor industrial, a Construção Civil (+2.935) manteve patamar elevado de contratações e os Serviços Industriais de Utilidade Pública (+1.033) também se destacaram, principalmente por conta do segmento de Captação, Tratamento e Distribuição de Água e Coleta de Resíduos Não-Perigosos.

Estado registra saldo positivo de quase 58 mil novas vagas no ano

No acumulado do ano, o estado do Rio registra saldo positivo de 57.824 novas vagas formais de trabalho. O setor de Serviços (+48.879) foi o que mais contratou no período, impulsionado pela abertura de vagas de início de ano, em especial, no segmento da Educação. O setor de Indústria e Construção (+21.884) é o segundo com mais contratações, seguido pela Agropecuária (+524). Por outro lado, o Comércio (-13.463) acumula saldo negativo, em parte, ainda influenciado pelo fechamento das vagas temporárias de fim de ano.

Dentro do setor industrial, a Construção Civil (+13.774) se destaca como a maior responsável pelas contratações no ano. Seis em cada dez novos postos formais de trabalho abertos no estado do Rio em 2022 são no segmento. A Construção de Edifícios (+3.381) e as Instalações Metálicas (+2.979) foram as principais responsáveis pelas contratações no ramo, com influência do estímulo no segmento imobiliário no estado.

Plataforma Retratos Regionais

A plataforma Retratos Regionais da Firjan tem como base o saldo de empregos formais disponibilizados no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Em painel setorial são disponibilizados dados específicos dos setores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here