Trade turístico diz ter sido pego de surpresa com proibição da circulação de ônibus de turismo durante feriado de Corpus christi, em Cabo Frio

Decreto da prefeitura, do dia 14 de junho, permite o embarque e desembarque de turistas apenas no Terminal de ônibus na avenida Wilson Mendes

0
136
Decreto da prefeitura, do dia 14 de junho, permite o embarque e desembarque de turistas apenas no Terminal de ônibus na avenida Wilson Mendes. Foto: Divulgação/ Trade turístico

Empresários e turistas foram pegos de surpresa com o decreto de número 6864, com data de terça-feira, 14 de junho, no Diário Oficial da prefeitura de Cabo Frio, que determina que os ônibus de turismo fiquem proibidos de circularem pela cidade, podendo apenas embarcar e desembarcar no Terminal de ônibus que fica situado na avenida Wilson Mendes 800, no bairro Jacaré.

“Gostaríamos de ter sido avisados com antecedência pela prefeitura de Cabo Frio, para que pudéssemos ter preparado uma operação logística que possibilitasse levar os hospedes aos seus meios de hospedagem contratados. Sem isso geramos um grande transtorno para aqueles que estão na cidade”, esclareceu Carlos Cunha, Presidente da Associação de Hotéis de Cabo Frio, instituição que representa os hotéis e pousadas na cidade.

Hóspedes que estavam hospedados desde o início da semana em um tradicional hotel da Praia do Forte se indignaram com a medida arbitrária e sem comunicação prévia tomada pelo órgão público. Com (check out) saída prevista para o dia 16, o organizador da excursão teve que alugar veículos para transportar os passageiros e bagagens, sem poder repassar o custo extra para os turistas. “Não imaginávamos que passaríamos por isso em uma cidade turística”, declarou o proprietário da agência de viagens.

É importante destacar que para o feriado houve apenas 25% de ocupação da rede hoteleira.  Este é um feriado que ocorre na baixa temporada onde a queda de hospedagem nos hotéis é prevista, embora em comparação a anos anteriores, a ocupação deste ano apresente os piores índices.

Na opinião do trade turístico, a baixa temperatura aliada a falta de um calendário de eventos atrativo aos turistas são os responsáveis pela pouca, quase inexistente demanda de hospedagem.

Diante da repercussão negativa que o decreto gerou no trade turístico, o prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio agendou uma reunião para a próxima semana com a instituição. O objetivo é alinhar as próximas medidas do órgão público sem prejuízo para o setor privado. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here